Postagem em destaque

LADRÃO DETIDO É ENCAMINHADO PELA GUARDA PORTUÁRIA AO DISTRITO

O filho da vítima, também caminhoneiro, com a ajuda de outros colegas, conseguiu deter o suspeito antes da chegada da Guarda Portuária...

sábado, 19 de julho de 2014

0

GUARDA PORTUÁRIA FRUSTA FURTO NO RIO DE JANEIRO



Na data de 16 deste julho corrente, agentes da Guarda Portuária da turma Delta, interceptaram quadrilha que desviava mantimentos do Navio Kelly Ahh, atracado no cais dos armazéns 8/9 no Porto do Rio de Janeiro, após denúncia. A equipe formada pelos Inspetores Storino e Paulo tiveram uma ação rápida, frustrando o intento dos meliantes que foram encaminhados à delegacia policial.
Três homens e uma mulher foram encaminhados ao Distrito Policial, onde foi lavrado o registro de ocorrência Nº 005-08627/2014.
Participaram da ação os Inspetores Moura, Labolita, Paulo, Storino e os Guardas Portuários Rui, Vaz e Hoffman.
Mais uma vez, integrantes da Guarda Portuária, por todo o litoral brasileiro, põem suas vidas em risco em favor da segurança e da ordem dos portos. Estamos expostos a pessoas de nacionalidades de toda a parte do globo terrestre, todo o tipo de carga e de ilícitos, carregando conosco toda a responsabilidade e riscos, mesmo após a jornada de serviço.

Frustrar um pequeno desvio como o resumidamente citado acima, certamente causa prejuízo a alguém, ou seja, alguém deixou de auferir vantagem em face à ação de pessoas que estão cumprindo seu dever.
Sendo os portos, verdadeiras fronteiras, de concentração de riquezas da ordem de 95% do comércio nacional e internacional em trânsito, não é raro acompanharmos na mídia televisiva e impressa, apreensões de armas, drogas, e produtos contrabandeados dos mais diversos em nossos portos.
Ha pouco acompanhamos na mídia, uma apreensão da ordem de R$10mi no Porto do Rio de Janeiro em obras de arte. Foram R$10.000.000,00 que alguém tomou de prejuízo, quando também na mídia, vemos organizações ceifando vidas por valore, as vezes irrisório na ordem de poucos reais.
Continuemos acreditando, contribuindo, acrescentando, pois cada um de nós fazemos parte da enorme corrente de segurança portuária.
Porém, lembremos que a nossa Presidente vetou, por duas vezes o nosso direito de defesa.

Marco Jamil - Guarda Portuário/RJ










Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES