Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA APREENDE COCAÍNA NO PORTO DE SANTOS

O contêiner onde a droga estava escondida tinha como destino o Porto de Algeciras, na Espanha. Dois elementos foram presos em flagrant...

sábado, 28 de março de 2015

1

I ENCONTRO NACIONAL DAS GUARDAS PORTUÁRIAS NO RIO DE JANEIRO




A Associação dos Guardas Portuários do Estado do Rio de Janeiro – AGPERJ promoverá, de 13 a 15 de abril, o I Encontro Nacional das Guardas Portuárias no Rio de Janeiro.
O encontro será realizado na Estação Leopoldina, localizado na Rua Francisco Bicalho s/n, Centro, na cidade do Rio de Janeiro, onde os participantes serão recepcionados a partir das 9h.
Os interessados em participar poderão entrar em contato com o presidente da associação, Dejacy da Conceição, através dos telefones (21) 2233-6986 e (21) 96421-2531.
Dia do Guarda Portuário              
Durante o Encontro, o Inspetor Dejacy da Conceição, do Porto do Rio de Janeiro e o Guarda Portuário Vilmar Soares dos Santos, irão apresentar a proposta do Projeto de Lei (PL), a ser apresentado no Congresso, referente a criação do “Dia do Guarda Portuário”,
Debates
Durante o encontro, está programada a realização de alguns debates:
  • Debate sobre as dificuldades e soluções sobre renovação de registros de armas, portes funcionais e pessoais junto à Polícia Federal;
  • Debate sobre programa de capacitação e reciclagem nacional para a Guarda Portuária, baseada na Portaria 350/2014 SEP;
  • Debate sobre diretrizes para apresentação, em parceria com a FNP, de propostas de uniforme Nacional a ser normatizado pela SEP para uso das Guardas Portuárias;
  • Debate e diretrizes para a adoção do Brasão da Guarda Portuária normatizada pela SEP, com a intervenção conjunta da FNP.

Convidados
Além da participação de integrantes da Guarda Portuária, o encontro contará com a participação de convidados.
Eduardo Guterra, da Federação Nacional dos Portuários – FNP irá fazer uma explanação técnica e política sobre as Portarias 121/2009 e 350/2014 SEP com foco nas oportunidades. Nildes Sampaio, do Sindicato do Rio de Janeiro, irá falar sobre a importância da mulher na Segurança Pública Portuária.
O Delegado DPF Dr. Joel Mazo, presidente da Regional, Seção 27, da International Police Association – IPA – Brasil, que fará uma apresentação do IPA e de seus produtos. O Presidente da Ordem dos Policiais do Brasil – OPB, PRF Frederico França, irá falar sobre a Ordem dos Policiais do Brasil – Propósitos e a inclusão da Guarda Portuária nos objetivos.
A Delegada DPF Drª Christiane Machado, irá ministrar uma palestra sobre Antiterrorismo no Brasil e o Chefe de Serviço da Guarda Portuária de Santos irá falar sobre “Guarda Portuária, Acidentes e Fatos da Navegação”.
Haverá ainda uma palestra do Sr. Eli Robson, que terá como tema; “Recrutamento Adverso”.
Cronograma

O cronograma de palestras e assuntos acima poderão sofrer alterações até a data do evento.
Metas e Objetivos

Ao término do recontro será feito um resumo de metas e a eleição de um grupo de trabalho para o encaminhamento dos assuntos tratados.

O nosso papel é apenas manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                
*Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.




Um comentário:

  1. Será de grande relevância para a corporação este congresso que se realizará no Rio de Janeiro nos dias 13-14-15/04/15, todavia só vamos alcançar todos os nossos objetivos se pelo menos fizermos um congresso deste anualmente. Temos que lutar pela unificação total de todos os assuntos e procedimentos referentes à nossa briosa Guarda Portuária, é uma corporação que existe em quase todos os estados da nação, portanto tem que ser unificada totalmente pela SEP, nos mesmos moldes de nossa coirmã PRF, aqui em Maceió seus agentes mesmo com a temperatura chegando a 39° usam seus fardamentos cáqui de manga comprida e demais equipamentos iguais ao resto do Brasil, se nossa instituição é a nível nacional tem que ser todos seus procedimentos unificados, não pode haver argumentos que sustentem a adequação de procedimentos as suas regiões locais, o regionalismo. Inspetor de Guarda Portuária II DOMARQUES Porto de Maceió-AL

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES