Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

quinta-feira, 18 de junho de 2015

0

CAMINHONEIROS SÃO ROUBADOS E PASSAM 13 HORAS EM PODER DE BANDIDOS


Foro: Jornal A Tribuna
Eles foram abordados em entrada de terminal.
PM descobriu esconderijo após denúncia anônima.

Dois caminhoneiros passaram 13 horas em poder de bandidos na última terça-feira (16), em Santos, e tiveram as cargas de suas carretas roubadas. Após denúncia anônima, a Polícia Militar descobriu o cativeiro e libertou as vítimas.

Os caminhoneiros estavam em uma fila de entrada em um terminal da Alemoa, quando foram abordados, por volta das 22 horas de segunda-feira (15), por três assaltantes. Colocados em um dos caminhões roubados e depois em um carro, os dois foram levados para um imóvel na Rua João Osório da Fonseca, no Bom Retiro, onde permaneceram como reféns durante toda a madrugada.
Na manhã desta terça-feira, uma denúncia anônima levou policiais militares ao cativeiro. Quando se preparavam para entrar na residência, um homem correu pelos telhados das casas vizinhas e conseguiu fugir. A PM entrou no imóvel e libertou os caminhoneiros. No local foram encontrados um revólver e 20 gramas de maconha.
Horas depois da libertação das duas vítimas, um dos veículos roubados com 34 toneladas de açúcar foi recuperado na própria Alemoa. O outro caminhão foi encontrado abandonado em Cubatão, perto do Parque Industrial, mas sem a carga de 50 toneladas do produto – avaliada em R$ 40 mil – que transportava.
Em entrevista a A Tribuna, uma das vítimas, que, com medo, não quis se identificar, contou que estava dentro do caminhão, estacionado em frente a um dos terminais da Alemoa, quando, por volta das 22 horas, foi dominada por três marginais armados com um revólver.
“Eles já tinham rendido o motorista que estava parado ao meu lado e me levaram para o caminhão dele. Saímos dali e andaram com a gente por poucos minutos. Depois nos mandaram descer e fomos colocados em um carro de passeio”.
Levados para o cativeiro, na Rua José Osório da Fonseca, os dois motoristas ficaram sob a custódia de um grupo de pessoas que eles não souberam quantificar. “Tivemos os rostos encapuzados e fomos proibidos de olhá-los. Durante a madrugada percebemos que boa parte deles foi embora. Foram 13 horas de horror”, acrescentou a vítima.
LIBERADOS
Assim que recebeu a denúncia, a equipe do tenente Costábile, do sargento Matta e dos cabos Ferreira e Neto, da PM, compareceu ao endereço e constatou que no terreno denunciado havia uma edícula.
Ao perceber a presença dos policiais, o sequestrador que permaneceu na moradia subiu no telhado e conseguiu escapar do cerco montado pelos agentes pulando por casas vizinhas.
Assim que entraram na edícula, os PMs localizaram os caminhoneiros e os libertaram. As vítimas e os bens recuperados foram apresentados
à Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos, que ficará responsável pela investigação do caso.




*Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                
* Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES