Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

0

GUARDA PORTUÁRIA IDENTIFICA QUADRILHA QUE AGIA EM ITATINGA


Portinho de Itatinga - Lado da Vila

O serviço de inteligência da Guarda Portuária do Porto de Santos identificou que vários furtos ocorridos na linha de transmissão de energia da Usina de Itatinga ao Porto ocorriam com a suposta participação de empregados da empresa MPE - Montagens e Projetos Especiais S/A, que presta serviço terceirizado a Companhia Docas do Estado de São Paulo (CODESP).
No dia 03 de julho, por volta das 06hs, os agentes da Guarda Portuária compareceram no portinho de Itatinga, local onde é feita a travessia dos trabalhadores da cidade de Bertioga até a Vila de Itatinga, e aguardaram a chegada de um dos empregados da MPE.
O empregado, que não terá o seu nome revelado para não prejudicar as investigações, ao ser convidado, concordou em acompanhar a equipe da Guarda Portuária até a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), localizada no 1º Distrito Policial de Santos.
Naquela delegacia, o empregado da MPE ratificou o depoimento dado anteriormente a um Inspetor da Guarda, no qual teria apontado locais onde estariam cabos de cobre, produtos de furto das linhas de transmissão de Itatinga, que foi apreendido e encaminhado juntamente com ele.
No Distrito foram apresentados 60 metros de cabeamento de cobre, que teriam sido furtados da rede elétrica de Itatinga. O local onde foram encontrados os fios foi apontado pela parte, o qual inclusive apontou o nome das pessoas envolvidas no furto e o receptador dos produtos furtados.
Após tomar ciência dos fatos, o delegado Bruno Mateo Lázaro lavrou o Boletim de Ocorrência de Autoria Desconhecida n° 298/2015, de localização e devolução de objeto. O material apreendido foi devolvido a um representante da Codesp, que ficou como fiel depositário.
Segundo o chefe dos investigadores da DIG, Paulo Carvalhal, o trabalhador conduzido ao Distrito apontou o nome de quatro empregados da MPE, como supostamente envolvidos no roubo, além de indicar quem seria o receptador dos fios furtados.
“As investigações prosseguem e as denúncias estão sendo apuradas para desmantelar a quadrilha que agia em Itatinga”, disse Carvalhal.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES