Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

0

APÓS ATOS DE VANDALISMO, TRABALHADOR É DETIDO PELA GUARDA PORTUÁRIA


Embarcação Dratec XXI atracada defronte o Armazém 08, do Porto de Santos

Ele havia sido demitido, juntamente com outros trabalhadores, mas foi o único que não recebeu as verbas indenizatórias.

Acionados, via rádio, pelo Centro de Controle de Operações e Serviços (CCOS), da Guarda Portuária do Porto de Santos, o Inspetor Coordenador Wladimir de Oliveira, acompanhado do GP Luís Eduardo, compareceu ao Cais do Armazém 08.
No local, a equipe da Guarda Portuária se deparou com um elemento em frente à porta do contêiner escritório da empresa Dratec Engenharia Ltda. Em seguida, esse elemento apanhou uma faca que estava escondida atrás de um tronco e entregou para a guarnição da viatura, sendo em seguida identificado como sendo Josué Silvestre Silva, 34 anos, mecânico de manutenção.
Indagado sobre o que fazia no local, Josué alegou que a empresa o havia demitido, juntamente com outros trabalhadores, mas ele foi o único que não recebeu as verbas indenizatórias. Indagado sobre o sangue em suas mãos e em parte do rosto, ele alegou que havia se ferido sozinho ao cometer atos de vandalismo na porta e na janela do contêiner escritório da empresa.
Faca apreendida

Posteriormente, compareceu ao local o Sr. Rodrigo Rios da Mata, funcionário da referida empresa, alegando que Josué invadiu a embarcação Dratec XXI, atracada defronte ao Armazém 08, na qual ele estava trabalhando, pegou uma faca e se dirigiu ao contêiner escritório, ocasião em que começou a depredá-lo.
Diante dos fatos, as partes foram encaminhadas à Delegacia de Atendimento ao Turista (DEATUR), e apresentadas à delegada Juliana Buck Gianini, que após se inteirar dos fatos, elaborou o B.O. Nº 795/2015, por exercício arbitrário das próprias razões (Art. 345). Como nas dependências daquela repartição policial, Josué fez ameaças ao representante da empresa, ele também foi enquadrado no Art. 147 (Ameaça).

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.                                                                                                                                                                                                                                               
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros. 

COMENTÁRIO

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.
                                                                                     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES