Postagem em destaque

CONPORTOS ANUNCIA A DATA DA 17ª EDIÇÃO DO CURSO ESPECIAL DE SUPERVISOR DE SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA – CESSP

O período de inscrição será de 17 de julho a 21 de agosto de 2017 Na última quarta-feira (12) a Comissão Nacional de Segurança Públi...

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

0

APÓS ATOS DE VANDALISMO, TRABALHADOR É DETIDO PELA GUARDA PORTUÁRIA


Embarcação Dratec XXI atracada defronte o Armazém 08, do Porto de Santos

Ele havia sido demitido, juntamente com outros trabalhadores, mas foi o único que não recebeu as verbas indenizatórias.

Acionados, via rádio, pelo Centro de Controle de Operações e Serviços (CCOS), da Guarda Portuária do Porto de Santos, o Inspetor Coordenador Wladimir de Oliveira, acompanhado do GP Luís Eduardo, compareceu ao Cais do Armazém 08.
No local, a equipe da Guarda Portuária se deparou com um elemento em frente à porta do contêiner escritório da empresa Dratec Engenharia Ltda. Em seguida, esse elemento apanhou uma faca que estava escondida atrás de um tronco e entregou para a guarnição da viatura, sendo em seguida identificado como sendo Josué Silvestre Silva, 34 anos, mecânico de manutenção.
Indagado sobre o que fazia no local, Josué alegou que a empresa o havia demitido, juntamente com outros trabalhadores, mas ele foi o único que não recebeu as verbas indenizatórias. Indagado sobre o sangue em suas mãos e em parte do rosto, ele alegou que havia se ferido sozinho ao cometer atos de vandalismo na porta e na janela do contêiner escritório da empresa.
Faca apreendida

Posteriormente, compareceu ao local o Sr. Rodrigo Rios da Mata, funcionário da referida empresa, alegando que Josué invadiu a embarcação Dratec XXI, atracada defronte ao Armazém 08, na qual ele estava trabalhando, pegou uma faca e se dirigiu ao contêiner escritório, ocasião em que começou a depredá-lo.
Diante dos fatos, as partes foram encaminhadas à Delegacia de Atendimento ao Turista (DEATUR), e apresentadas à delegada Juliana Buck Gianini, que após se inteirar dos fatos, elaborou o B.O. Nº 795/2015, por exercício arbitrário das próprias razões (Art. 345). Como nas dependências daquela repartição policial, Josué fez ameaças ao representante da empresa, ele também foi enquadrado no Art. 147 (Ameaça).

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.                                                                                                                                                                                                                                               
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros. 

COMENTÁRIO

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.
                                                                                     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES