Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

terça-feira, 15 de novembro de 2016

0

CAMPANHA PARA NETA DE GUARDA PORTUÁRIO VISA ARRECADAR 36 MIL REAIS




A quantia é necessária para a compra da parte externa de um dos aparelhos de implante coclear

Eduardo Nania é guarda portuário no Porto de Santos, litoral de São Paulo e a campanha visa arrecadar a quantia de 36 mil reais para a sua neta de 3 anos, Flávia de Oliveira Nania.
Aos seis meses de idade, Flávia foi diagnosticada com surdez profunda e bilateral. Após duas cirurgias foi realizado um implante coclear (IC), que é um dispositivo eletrônico, parcialmente implantado, que visa proporcionar aos seus usuários sensação auditiva próxima ao fisiológico. O implante desse aparelho foi totalmente custeado pelo plano de saúde.
Processador da fala e antena externa

Recentemente a garota perdeu na escola a parte externa do aparelho, o processador da fala (que fica pendurado atrás da orelha) e antena externa (com imã), que se conecta com a parte interna, colocada no interior da cóclea, possibilitando a criança a ouvir.
Buscas foram realizadas no interior da escola e também foram feitos contato com todos os funcionários e alunos, no entanto, o aparelho não foi localizado. Devido ao sumiço do aparelho, Flávia ficou uma semana sem ouvir. “Nessa semana sem ouvir, ela teve um considerável regresso nos programas que a ajudam”, conta a mãe, Renata de Oliveira. Segundo ela, uma empresa que fabrica estes dispositivos para perda auditiva, concedeu um “empréstimo” e, até dia 8 deste mês, a família deveria devolver os aparelhos, mas conseguiu prorrogação do prazo até 8 de dezembro.
A Campanha

Para arrecadar o valor para a aquisição do novo aparelho, a família criou a campanha “As Cores dos Sons”, cujo termo se remete à uma música em que o tio-avô fez especialmente para Flavinha, como é carinhosamente chamada. O objetivo é arrecadar o valor de R$ 36.666,00 para que se compre apenas a parte externa de apenas um dos dois implantes cocleares, pois mesmo com poucos recursos, a escola se prontificou a pagar pelo outro aparelho, ou seja, no total, os dois aparelhos custam mais de 70 mil reais.
Interessados em ajudar podem saber mais detalhes na Fanpage da Campanha, onde a família coloca as informações da quantia arrecadada. O dinheiro é depositado em uma conta no nome da Flávia.
“Fiz a conta no nome dela, todo dia eu atualizo nas redes sociais quanto já conseguimos arrecadar e assim que atingirmos a meta, vou encerrar a conta. O objetivo é apenas conseguir comprar o aparelho da minha princesa”, fala Renata.
“Cada som é uma conquista, cada palavra é uma vitória. Quando soube que ela perdeu o aparelho fiquei desesperada, porque sei o valor que isso tem pra ela. Estou sempre preocupada com o futuro da minha filha, na escola, na sociedade”, afirma.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES