Postagem em destaque

LADRÃO DETIDO É ENCAMINHADO PELA GUARDA PORTUÁRIA AO DISTRITO

O filho da vítima, também caminhoneiro, com a ajuda de outros colegas, conseguiu deter o suspeito antes da chegada da Guarda Portuária...

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

0

GUARDA PORTUÁRIO EVITA FURTO DE MOTO




O que parecia um dia simples, num posto tranquilo, quase vira uma tragédia
Após cumprir o seu horário ordinário de trabalho, o guarda portuário Alan foi escalado para cumprir a sua dobra (regime extraordinário de mais seis horas) na Ponte Naval, posto fechado, tranquilo, onde futuramente irá funcionar a sede do VTMIS, localizado na Avenida Almirante Saldanha da Gama, no Bairro da Ponta da Praia, em Santos, litoral de São Paulo.
Ao assumir o posto ás 18h, Alan deixou a sua moto, uma Falcon 400 cc, estacionada defronte aquele posto. A avenida tinha um movimento intenso. Do outro lado da via, um pasteleiro que faz ponto defronte a um banco, tinha várias pessoas aguardando para serem atendidas.
Por volta das 19h30, Alan ouviu um barulho de moto junto a porta do seu posto, ao abrir para verificar se alguém tinha chegado, ele se deparou com um elemento sentado no banco da sua moto, tentando estourar o miolo da ignição e outro sentado numa moto que estava parada ao lado da sua.
De imediato, Alan sacou a sua arma e deu voz de prisão a dupla, solicitando de imediato uma viatura em apoio. Assustado com o flagrante, o elemento que estava tentando praticar o furto deu as costas para o guarda, subiu na outra moto, e os dois saíram tomando rumo ignorado.
Demonstrando preparo emocional o GP não efetuou nenhum disparo, o que é difícil, pois qualquer um que vê um vagabundo tentando roubar a moto que trabalhou para poder compra-la, o primeiro pensamento que vêm a cabeça é apagar o sujeito.
Segundo Alan, a moto que os meliantes utilizaram para tentar o furto aparentava ser uma Twister de cor preta. A placa estava com um papel encobrindo, mais ao sair, uma parte descolou, podendo ser observada a numeração 2180.
Os dois elementos estavam de capacetes fechados, o do piloto era preto e o do outro era branco e vermelho. O que estava tentando estourar o miolo estava de bermuda e camisa branca, de pele clara, magro e de baixa estatura, aparentando inclusive ser menor. Já aquele que pilotava a moto utilizada no roubo estava de calça e também era magro. As características foram passadas para as viaturas da Guarda Portuária, Polícia Militar e Guarda Municipal, no entanto, os elementos não foram localizados.

O que parecia um dia simples, num posto tranquilo, quase vira uma tragédia. Se o guarda portuário se deixa levar pelo primeiro impulso, hoje estaria procurando um advogado para se defender, pois em situações semelhante ocorridas anteriormente, os guardas tiveram que arcar com as custas do advogado.


 A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES