Postagem em destaque

NOVO COMANDO NA GUARDA PORTUÁRIA DO RIO DE JANEIRO

Capitão reformado da Polícia Militar, Hugo, já comandou a Guarda Portuária em outra oportunidade No dia seis de setembro, o presid...

sábado, 25 de fevereiro de 2017

0

PIRATARIA MARÍTIMA MUNDIAL CAIU PARA MÍNIMO DE HÁ 20 ANOS




A pirataria marítima mundial tem estado em declínio desde 2012
Os ataques de pirataria no mar em todo o mundo caíram para o nível mais baixo em 20 anos no terceiro trimestre de 2016, indicou o Departamento Marítimo Internacional (IMB, na sigla em inglês).
No seu mais recente relatório, o organismo identifica 42 atos de pirataria em alto mar entre julho e setembro. “Com apenas 42 ataques em todo o mundo naquele trimestre, a pirataria marítima está no seu mais baixo nível desde 1996”, realçou o IMB.
Desde o início do ano de 2016, foram registados 141 atos de pirataria, ou seja, menos 25% do que em igual período do ano passado, com o IMB a citar “os esforços das autoridades nacionais e internacionais e da indústria naval”.
O organismo ressalva, porém, que os ataques de piratas envolvendo a tomada de reféns, particularmente na Nigéria, continuam a ser um problema, aconselhando vigilância.
A pirataria marítima mundial tem estado em declínio desde 2012 após o lançamento de patrulhas navais internacionais ao largo de África Oriental em resposta a uma onda de ataques perpetrados sobretudo por piratas somalis. Até o final de outubro de 2016, destaca o IMB, não houve qualquer ataque ao largo da Somália.
Com o declínio dos ataques em torno da Somália, a atenção do IMB voltou-se para a Indonésia, que viu a pirataria aumentar em 2015, sobretudo visando navios que transportam combustíveis.
O mais recente relatório do IMB refere, no entanto, que os ataques em águas indonésias também caíram para 33 entre janeiro e setembro do ano passado, contra os 86 registados no período homólogo de 2015.
“As patrulhas levadas a cabo pela polícia marítima indonésia parecem estar a funcionar”, refere o documento.

Veja abaixo as imagens de um ataque de piratas a um navio:


Fonte: Observador

* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES