Postagem em destaque

DELEGADA ASSUME A PRESIDÊNCIA DA CONPORTOS

Nelbe Ferraz de Freitas, 37, foi designada pelo Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública Na última quarta-feira (04), Nel...

sábado, 29 de julho de 2017

10

GUARDAS PORTUÁRIOS NÃO ATUARÃO COMO CONFERENTES DE CARGAS EM NOVO SISTEMA OPERACIONAL DA CDP




Em quase toda história da CDP essa função sempre foi e continua sendo exercida irregularmente, em desvio de função, pelos guardas portuários

A partir de 01 de agosto desse ano, conforme Resolução DIRPRE nº 269, de 20 de julho de 2017, na portaria da Avenida Salgado Filho, do Terminal Petroquímico de Miramar, administrado pela Companhia Docas do Pará (CDP), oito técnicos portuários passarão a atuar na fiscalização de operações portuárias dessa instalação, executando o controle de cargas movimentadas que adentram nas áreas arrendadas, tanto por dutovia, quanto pelo modal rodoviário.
Os guardas foram designados para executarem este serviço, alguns sem qualquer treinamento para realizarem essa função

Tal medida se deu em função de a CDP não estar participando ou interferindo na aferição dos volumes transitados em seus tanques de armazenamento e em suas tubovias, aferição que passará a consolidar os quantitativos exigidos nos contratos de transição com as empresas distribuidoras de combustíveis como forma de composição do valor dos arrendamentos nos moldes da Resolução nº 07 da ANTAQ e utilização da infraestrutura de acordo com a tarifa portuária.
LEIA TAMBÉM: GUARDA PORTUÁRIO OU CONFERENTE DE CARGA

Segundo a Administração do terminal e a Supervisão de controle e desempenho portuário, assim como é feito nas demais unidades portuárias, no caso, portos de Belém, Outeiro, Santarém e Vila do Conde, os relatórios gerenciais que refletem a realidade desta logística operacional serão extraídos através do controle e lançamento de toda movimentação no SCAP - Sistema informatizado de Controle de Administração Portuária, por meio da utilização de coletores de dados.
O controle da carga fragiliza o controle de acesso, deixando o guarda vulnerável

Em quase toda história da CDP essa função sempre foi e continua sendo exercida irregularmente, em desvio de função, pelos guardas portuários, mesmo em 2004 a CDP tendo realizado concurso público para a contratação de 18 conferentes de cargas e capatazia, função agora que será exercida - por enquanto apenas no terminal de Miramar - pelos técnicos portuários, após a implantação do PES – Plano de Empregos e Salários, em 2014.

AUTOR: Cileno Borges – Guarda Portuário na CDP.

* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                                                                                                                         
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                                                           
                                                                                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

10 comentários:

  1. Esse pessoal da guarda da CDP é só choro e querem se comparar com os conferentes.
    Pra começar pra ser guarda basta o fundamental e pra conferente é nivel médio e se os conferentes não estão atuando em suas áreas é porque a empresa tem muito mais necessidade nos cargos comissionados que ocupam, sem contar que pelo PES hoje qualquer um pode fazer qualquer função na Cia, JÁ O GUARDA ENTRA GUARDA E MORRE GUARDA, apenas abrindo e fechando os portões a vida toda, por isso pedem só o fundamental.

    Mesquita
    Porto de Belém

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu estimado colega Mesquita, sou Guarda portuária do Porto de Santarém e quando realizei concurso pra Guarda já era nível médio,mas isso não vem ao caso, pessoas com o pensamento igual ao seu que fazem nossa companhia está do jeito que está.Agora lhe garanto uma coisa a Guarda não apenas abre e fecha portões, somos a segurança dos portos brasileiros.
      É se você não sabe nossa companhia tem vários exemplos de guardas em cargos comissionados.

      Excluir
    2. Ou és um ignorante por não conhecer a guarda portuária ou burro mesmo,a guarda portuária é a mais importante força de segurança e controle de acesso dentro da cdp,não vou falar dos conferentes,hj chamados técnicos Portuários por ter muitos amigos que fazem parte dessa categoria,creio que você não os representa por sua grande ignorância e por não saber a atribuição de um guarda , que aliás precisa sim de nível médio,caso saiba ler está lá no diário oficial de 2012,então meu amigo vá de informar antes de defecar em um blog serio e desmerecer a guarda que se não me falhe a memória hoje os cargos de maior importância dentro da cdp estão sendo ocupados por guardas, então acho que abrir e fechar portões está só nessa sua mente pequena e doentia.fabio Lisboa guarda portuário do terminal de Outeiro,faz uma visita lá,se identifique que o estaremos aguardando.

      Excluir
    3. Do que adianta exemplos de guardas em cargos comissionados e até em cargos de maior importância SE NADA FAZEM PELA PRÓPRIA CATEGORIA?
      É só olhar os portos como hoje estão, todos desprotegidos?
      Os senhores não se iludam, os próprios da guarda que vocês enaltecem por estarem nesses cargos, SERÃO OS PRIMEIROS A QUERER ACABAR COM A PRÓPRIA CLASSE DE VOCÊS.

      Mesquita
      Porto de Belém

      Excluir
  2. UMA BATALHA COMEÇADA HÁ MUITOS ANOS COM OS GUARDAS PORTUÁRIOS DE LUTA MAIS ANTIGOS QUE AGORA SE TRANSFORMA NUMA DAS MAIS SIGNIFICATIVAS CONQUISTAS DA CATEGORIA. UMA VITÓRIA QUE E DE TODOS, MAS QUE SÓ FOI POSSÍVEL PELOS QUE LEGITIMA, DIGNA E HONRADAMENTE DEFENDEM ESSA BRIOSA CORPORAÇÃO, MESMO SEM TEREM EXERCIDO QUAISQUER MANDATOS SINDICAL

    CILENO BORGES

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tudo pavulagem. Tudo mundo sabe que esse pessoal que tão indo pra miramar é pq tá sobrando gente aqui no porto de Belém e pq tambem aqui já cortaram ate o adc de risco. Não é nada disso que os guardas tão no lugar da operação. Agora tu que é um cara falador pq não dissestes no teu artigo que tem gente que ta indo pra lá saindo do horário administrativo pros turnos de revezamento e vão arrebentar a boca do balão pq tão indo fazer hora com salário incorporado a gratificação dos anos que ficaram em cargos comissionados ESSA NOVA NA CDP, VÃO PRA ÁREA OPERACIONAL DEPOIS DE INCORPORAREM O SALARIO DOS CARGOS COMISSIONADOS. PQ ENTÃO NÃO FICARAM NO PORTO DE BELÉM ONDE OS GUARDAS AINDA SÃO CONFERENTES?

      Mesquita
      Porto de Belém

      Excluir
  3. No estado do Rio de janeiro está função ainda é executado pelo guarda Portuário erradamente pq não tem curso para isso. Alguns estão ganhando na justiça indenização para o exercício da funcao Só comentando da pessoa do último comentário, Rio de janeiro todos os guardas portuários do concurso 2005 todos são formados em nível superior e nossa função e de nível médio no concurso tudo isso conquistados com luta é muita união de uma categoria esquecida na área da segurança pública. Abraço pra todos GPs do Brasil

    ResponderExcluir
  4. Bom dia colegas.sou GP aqui de salvador.quem puder me informar como ajuizar na justiça,agradeço.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Ilustres,

    Não entendi este post, pois em 20 anos de CDP nunca vi a guarda portuária atuando como conferente de carga ou capatazia, mas sim agindo no limite de sua competência, qual seja: controlar e disciplinar o ingresso de pessoas, veículos e cargas no interior das instalações portuárias. Tanto que já houveram várias ações na justiça e smj nenhum guarda ganhou este suposto desvio de finalidade.

    Att,

    Inspetor Patrick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "A justiça pode irritar porque é precária. A verdade não se impacienta porque é eterna."
      Rui Barbosa

      SENHORES

      ASSOCIEM AS ATRIBUIÇÕES ABAIXO DOS CONFERENTES RETIRADAS DO EDITAL DO CONCURSO DA CDP EM 2004, COM AS IMAGENS DOIS E TRES DESSE ARTIGO. GUARDAS COM O COLETORES NAS MÃOS, ALIMENTANDO O SCAP - Sistema informatizado de Controle de Administração Portuária, COM INFORMAÇÕES DAS CARGAS EM NOTAS FISCAIS, ORDEM DE EMBARQUE, AUTORIZAÇOES DE ENTRADA E SAÍDA RECEBIDAS DOS CARRETEIROS, CONFEIRINDO SELOS E LACRES DOS CONTEINERES, ETC. AFORA MUITOS OUTROS PROCEDIMENTOS DE CONFERENCIAS QUANDO AS CARGAS SE APRESENTAM PARA SAIREM E ENTRAREM NOS TERMINAIS E UNIDADES PORTUÁRIAS.
      NESSES 20 ANOS NA GUARDA PORTUÁRIA DA CDP COMPLETADOS EXATAMENTE HOJE, DIA 01.08.17 - E ANTES DE MIM OU OUTROS JÁ FAZIAM, DESDE O TEMPO QUE AINDA NEM TINHAM COLETORES - É O QUE MAIS SE TEM VISTO OS GUARDAS PORTUÁRIOS FAZEREM NOS PORTOS QUE A CDP ADMINISTRA. SÓ POR ESSAS IMAGENS E PELO EDITAL JÁ NÃO SE PRECISA DIZER MAIS NADA.

      AVANTE GUARDA PORTUÁRIA, AVANTE!

      CARGO 3: CONFERENTE DE CAPATAZIA
      ATRIBUIÇÕES: conferir e controlar as mercadorias movimentadas no porto, acompanhando o recebimento ou a entrega para os armazéns, pátios, veículos, terminais e reservatórios, utilizando-se de coletores de dados para a alimentação do Sistema de Controle e Administração Portuária receber a documentação apresentada pelos despachantes, exportadores, carreteiros ou pessoas credenciadas; conferir os dados apresentados na Autorização de Entrada – AE, na nota fiscal e, se for o caso, no ticket de pesagem; utilizar os coletores de dados para a verificação da situação das autorizações de entrada; processar o recebimento e saída de contêineres, conferindo seus selos, sua localização e seu prefixo;
      RETIRADAS DO CONCURSO DE 2004.

      raphael ramos29 de julho de 2017 17:48 No estado do Rio de janeiro está função ainda é executado pelo guarda Portuário erradamente pq não tem curso para isso. Alguns estão ganhando na justiça indenização para o exercício da funcao


      "A justiça pode irritar porque é precária. A verdade não se impacienta porque é eterna."
      Rui Barbosa

      ATT
      CILENO BORGES

      Excluir

LEGISLAÇÕES