Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

terça-feira, 18 de julho de 2017

0

TRAFICANTE INTERNACIONAL DE COCAÍNA É DETIDO EM PERUÍBE




Fábio Dias dos Santos é acusado de integrar quadrilha ligada ao PCC, responsável por enviar drogas pelo Porto de Santos

Policiais militares capturaram domingo (16) à noite, em Peruíbe, um traficante internacional condenado pela Justiça Federal. Ele é acusado de integrar quadrilha ligada ao Primeiro Comando da Capital (PCC), responsável por enviar toneladas de cocaína para a Europa, América Central e África, via Porto de Santos.
Corréu de processos relacionados à Operação Oversea, da Polícia Federal, Fábio Dias dos Santos, o Cristiano Ronaldo ou Gordo, está condenado a 12 anos de reclusão, em regime inicial fechado. Ele se refugiava no BougainVille IV, condomínio de luxo de Peruíbe.

Policiais da Força Tática do 29º BPM/I se dirigiram ao local após apurarem que ali estaria um traficante internacional. No imóvel de Cristiano Ronaldo foi apreendida uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com a fotografia do condenado, mas em nome de outro homem.
Apesar do expediente para despistar a sua situação de procurado, Cristiano Ronaldo teve a verdadeira identidade descoberta e foi preso. Os policiais também recolheram na casa documentos do Porto de Santos sobre contêineres com drogas, inclusive de alguns que ainda estão por chegar. A documentação revela que o criminoso, apesar da condenação, ainda estaria atuando no narcotráfico internacional.
Na sentença que condenou Cristiano Ronaldo, em 2015, o juiz federal Roberto Lemos dos Santos Filho, da 5ª Vara de Santos, determinou a inclusão do seu nome na Difusão Vermelha – lista da Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal com 186 países membros, entre os quais o Brasil) com os nomes e as fotos de fugitivos com atuação mundial. O objetivo é facilitar a captura e extradição dos foragidos.




* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES