Postagem em destaque

NOVO COMANDO NA GUARDA PORTUÁRIA DO RIO DE JANEIRO

Capitão reformado da Polícia Militar, Hugo, já comandou a Guarda Portuária em outra oportunidade No dia seis de setembro, o presid...

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

0

QUADRILHA ESPECIALIZADA EM ROUBO DE CARGA É PRESA NA ALEMOA




Bandidos foram presos pela DIG, em Santos, com um caminhão e uma minivan que teriam sido usados em um assalto recente

Quatro homens acusados de integrar uma quadrilha especializada em roubos de cargas foram capturados por policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos, na sexta-feira. O bando foi preso na Avenida Engenheiro Augusto Barata, na Alemoa, perto de uma transportadora.
Os indícios são de que seus integrantes pretendiam roubar um carregamento que estava na iminência de sair da empresa em um caminhão.
No entanto, como este suposto roubo sequer chegou a ser tentado, pois ainda estava na fase dos atos preparatórios, que não é punida pelo Direito Penal, os acusados não puderam ser autuados em flagrante.
Mas isso não impediu o delegado Leonardo Amorim Nunes Rivau de prendê-los pelos delitos de organização criminosa e de posse ilegal de arma de fogo. Com o grupo foi apreendido um revólver calibre 38 carregado com cinco balas e com a numeração raspada.
“Importante salientar que a reunião dos indiciados, todos residentes fora da região, se deu exclusivamente com o objetivo de realizar crimes de roubos de carga. Também deve ser considerado que o delito de posse de arma de fogo foi compartilhado entre todos”, justificou Rivau.
Com exceção de Evandro Ramos, de 39 anos, que mora em São Bernardo do Campo, os demais acusados residem em São Paulo. São eles Leonardo Fornazier, de 38 anos, Glicério Ferreira da Silva Neto, de 51, e Loudegar Scavuzzi, de 60.
A prisão
A quadrilha estava com um caminhão branco Volkswagen e uma minivan Towner cinza. A equipe do delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior e do investigador Paulo Carvalhal recebeu informação que tais veículos foram utilizados em recentes roubos de carga e os localizaram na sexta-feira.
Os acusados estavam perto da minivan, de propriedade de Loudegar, onde foi achada a chave do caminhão, estacionado a alguns metros de distância. Os policiais apreenderam no veículo maior o revólver e um aparelho bloqueador de sinais de celulares e rastreadores por GPS, além de diversas ferramentas e 47 lacres plásticos, que assaltantes usam como algemas descartáveis.
Questionados sobre o que faziam no local, os acusados disseram que pretendiam arrumar um “bico” e negaram inicialmente a propriedade do caminhão. Depois, Leonardo, Evando e Loudegar foram ouvidos em separado e disseram que este veículo é de Glicério.
Ocorrência anterior
Na última quarta-feira, a minivan Towner e o Volkswagen branco foram usados na perseguição a dois caminhões de uma transportadora situada nas imediações de onde ocorreu a prisão. Estes veículos transportavam 50 toneladas de uma matéria-prima para poliuretano, espuma e derivados. Avaliada em cerca de R$ 800 mil, a carga não chegou a ser roubada, mas, na ocasião, a placa do caminhão branco foi anotada.
A utilização desse veículo e da minivan em outras ações criminosas é investigada. A delegacia especializada também quer identificar mais membros do bando, em especial os receptadores das cargas e os responsáveis pela sua recolocação no mercado.


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                                                                                                                         
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                                                           
                                                          COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES