Postagem em destaque

FISCALIZAÇÃO CONSTATA IRREGULARIDADES EM PORTO DO PARÁ

Essas fiscalizações ocorreram em virtude de denúncia de trabalhadores portuários que, sem representatividade de fato, buscaram por mei...

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

0

CURSO DE CAPACITAÇÃO DA GUARDA PORTUÁRIA TEVE PRESENÇA DE SENADORA




A cerimônia de encerramento contou com a participação da Senadora Rose de Freitas

O Sindicato da Guarda Portuária (Sindguapor), com o apoio da Companhia Docas do Espírito Santo (CODESA), que cedeu o seu auditório, promoveu no período de 06 a 10 de novembro, o II Curso de Capacitação para Inspetores e Líderes da Guarda Portuária do Porto de Vitória. O diretor da CODESA, Guilherme Magalhães participou da abertura do evento.
Abertura

Na abertura os participantes puderam conhecer mais sobre o serviço de inteligência, com a palestra “A Inteligência Aplicada aos Portos”, que teve como palestrante o coronel da reserva da Polícia Militar José Nivaldo Campos Vieira, que atua na área de inteligência desde 1979, exercendo atividades de Inteligência de Estado junto aos governos Federal e Estadual, e, após 2003, no segmento de inteligência empresarial.
No período vespertino teve a palestra sobre ISPS Code, com o diretor-presidente da SAGRES, Roberto Ferreira da Silva, e sobre Terrorismo, com o coordenador-geral de Assuntos de Defesa da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Marcus Vinicius Reis.
Palestras

O segundo dia iniciou com as palestras “Crimes Virtuais e o Marco Civil da Internet” e “Os Impactos do Uso Indevido de Redes Sociais e Smartphones no Ambiente Corporativo” proferida por Eduardo Pinheiro, investigador da Policia Civil do estado do Espírito Santo, autor do livro “Segurança da Informação: Como Aumentar sua Segurança no Mundo Digital.

Na parte da tarde foi a vez Jonas Cordeiro de Andrade Júnior, que já atuou no comando do Setor de Trânsito e do Grupo de Operações Especiais (GOE) do Porto de Santos, falar sobre o tema: “A Guarda Portuária e a Segurança Pública nos Portos”.
Em seguida, Fernanda de Anchieta Gomes, Graduada em Administração pela FUCAPE BUSINESS SCHOOL e Pós-Graduada em Tecnologia e Recursos Humanos Profissional Self Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching encerrou esse dia com a palestra: “Gestão de Equipes com Foco em Conflitos/Pessoas”.

Na quarta-feira, “A importância da Guarda Portuária para a segurança nos portos e a sua relação com as demais autoridades de segurança” foi tema de palestra ministrada pelo agente do Núcleo Especial de Polícia Marítima (NEPOM) e coordenador da Cesportos no Espírito Santo, Rogério da Silva Lages.
Segundo Lages, a Guarda Portuária tem sido uma aliada importante para a Polícia Federal. Por ser ela a primeira barreira de segurança na entrada dos portos, sendo de sua competência resguardar a segurança e cumprir todos os procedimentos que estão contidos no Plano Nacional de Segurança Pública Portuária.
“A Guarda Portuária é um importante instrumento auxiliar das autoridades portuárias, servindo à Alfandega, Policia Federal, Capitania dos Portos, Polícia Civil e Militar”, falou Lages.

Nesse dia “A Nova Lei Trabalhista”, proferida pelo – Advogado Trabalhista e professor Universitário, Edwar Barbosa Félix; “O Complexo Portuário Capixaba no Contexto Internacional – Palestrante, proferida pelo Professor Universitário Enildo Moreira e o “O Papel da Corregedoria no Ambiente Corporativo” proferida pelo Dr. Fabiano Contarato – Delegado da Policia Civil – ES, também foram temas de palestras.
Na quinta-feira foi a vez do Major da PMES, Marsuel Botelho Riani, especialista em Políticas e Gestão em Segurança Pública pela UFES falar sobre “Segurança Preventiva” e “Técnicas de Abordagem”.

No período da tarde, o Dr. Engenheiro, Analista de Infraestrutura do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil – MTPA, Tetsu Koike, falou sobre a “Implantação da Cadeia Logística nos Portos”.
Koike falou aos guardas e funcionários do porto sobre a atual situação econômica das companhias, os desafios permanentes do setor portuário e a implantação do Portolog. "O sistema tem avançado em Vitória e Santos. As outras seis docas, apesar de também possuírem recursos e infraestrutura, estão com o processo de licitação em atraso, frisou o analista.
Ele informou ainda que, a implantação do Portolog mexe com o sistema operacional das companhias devido a pluralidade de inovações. "Quando implantamos qualquer projeto de inovação que inclui, principalmente, mudanças tecnológicas, é provocado um conjunto de efeitos que mexem com a maneira das pessoas pensarem no trabalho delas, e também na maneira de efetuar o serviço. É preciso buscar adaptação. O grande desafio é fazer com que os portuários entendam a importância desse serviço não só para eles, mas para o crescimento da empresa e para toda a sociedade, destacou.
Em seguida, José Adilson Pereira – Presidente do Sindicato dos Estivadores e da Orla Portuária do Espírito Santo, falou sobre o “Trabalho Portuário no Brasil e no Mundo.
O último dia contou com a participação do Auditor Fiscal da Receita Federal – ES, Chefe do SEVIG – Serviço Aduaneiro do Porto de Vitória (ES), : Zózimo Pereira Garcia, que falou sobre o “Papel da Receita Federal nos Portos” e do Gerente Regional da ANTAQ-ES, Raphael Cruzeiro Carpes, que falou sobre “O Papel da ANTAQ nos Portos”, além de Agostinho Sobral Sampaio, Capitão-de-Mar-e-Guerra (Reserva), que falou o “VTMIS”, recentemente implantado pela Codesa no Porto de Vitória, do qual ele é o coordenador.
"É importante ressaltar que, devido ao momento de insegurança vivenciado atualmente, é necessário manter a guarnição atualizada e preparada, compreendendo todo o universo portuário e suas questões de segurança. Para nós, guardas portuários, o ensino dado na semana de capacitação é de suma importância para o bom desempenho do nosso trabalho diário", resumiu o encarregado e chefe de serviço de logística da Guarda Portuária, Demétrius Gonçalves Aguiar.
Encerramento

A cerimônia de encerramento, a convite de Jorcy de Oliveira Filho, Diretor de Assuntos Institucionais do Sindicato, contou com a participação da Senadora Rose de Freitas. A parlamentar foi recebida pela diretoria da CODESA, tendo à frente o presidente Luis Claudio Montenegro, e os diretores Guilherme Magalhães, Mayhara Chaves e Roberto Carlos Braga.
A senadora agradeceu o convite e falou sobre a importância da capacitação para a Guarda Portuária. "Segurança é fundamental para as empresas, e a CODESA vive um novo tempo em tecnologia e modernização", pontuou. Em seguida, elogiou o trabalho de Montenegro na gestão da companhia.

O presidente da CODESA parabenizou os participantes da Semana de Capacitação, e destacou que o treinamento proporcionado pela empresa à corporação é um dos melhores do país. "A nossa guarnição está atualizada e preparada para as questões de segurança no desempenho diário de suas funções", ressaltou.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                                                                                                                         
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                                                           
                             COMENTÁRIOS                             

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES