Postagem em destaque

ANGPB BUSCA TREINAMENTOS PARA A GUARA PORTUÁRIA JUNTO AO SIPRON

A reunião teve o objetivo de apresentar as dificuldades da Guarda Portuária na segurança dos produtos de Classe 7 (materiais radioativo...

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

0

COCAÍNA COM DESTINO AO EXTERIOR FOI APREENDIDA EM VILA VELHA-ES




Dos sete indivíduos detidos, seis estavam em um galpão em Vila Velha, onde o lacre original do container foi rompido e a droga foi inserida. A droga seria enviada para a Espanha e valeria cerca de R$ 17 milhões de dólares

No dia seis de dezembro, 230 tabletes de cloridrato de cocaína, com peso bruto de 253,287 kg, foi apreendida pela Polícia Federal (PF), com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A droga estava escondida no interior de um container com carga de milho, que seguiria para o Porto de Vila Velha.

A apreensão ocorreu nas proximidades dos bairros Cobilândia e Rio Marinho. Dos sete indivíduos detidos, seis estavam em um galpão em Vila Velha, onde o lacre original do container foi rompido e a droga foi inserida com a substituição do lacre por outro clonado. O outro homem estava em um recinto aduaneiro, de onde saiu o contêiner com destino ao porto.

Segundo a PF, o grupo era formado por Elio Rodrigues, dono de uma fazenda em Afonso Cláudio, região Serrana do Espírito Santo, por portuários, que facilitavam o transporte da droga pelo terminal de contêineres de Vila Velha, e dois homens, um do Rio de Janeiro e outro do Mato Grosso do Sul.
Elio já havia sido indiciado e depois acusado de envolvimento com o caso do helicóptero apreendido, em novembro de 2013, em Brejetuba/ES, quando foram apreendidos aproximadamente 450 kg de cocaína.

Os presos foram encaminhados para o Sistema Penitenciário Estadual e o flagrante encaminhado para a Justiça Federal de Vitória/ES.
Segundo o delegado-chefe da Delegacia de Repressão a Drogas da Polícia Federal, Leonardo Damasceno, a droga seria enviada para a Espanha e valeria cerca de R$ 17 milhões de dólares.
Presidente de clube de futebol é preso

O presidente eleito da Associação Desportiva Ferroviária, Edney José da Costa, foi um dos presos.  Posteriormente a Justiça Federal converteu a prisão em flagrante em prisão preventiva, sem prazo determinado, porque ele é investigado também por envolvimento no caso de um helicóptero carregado de cocaína que seria exportada pelo porto.
A decisão foi do juiz Marcus Vinícius Figueiredo de Oliveira Costa, titular da 1ª Vara Federal Criminal, que também converteu o flagrante em prisão preventiva para os outros seis presos. O juiz destacou também que os demais detidos devem continuar custodiados para garantir a ordem pública, e porque há fortes indícios de que soltos eles voltem a cometer crimes.
Segundo as investigações, Edney trabalha na área portuária há mais de 20 e atuava como intermediário entre os donos da droga e funcionários do Porto de Vila Velha, organizando a logística do grupo.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                                                                                                                         
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                                                           
                             COMENTÁRIOS                             


Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES