Postagem em destaque

TORQUATO NOMEIA NOVO PRESIDENTE DA CONPORTOS

O novo presidente foi coordenador do grupo de trabalho para implantação do Sistema Nacional de Polícia Marítima O Ministro da Just...

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

0

GUARDA PORTUÁRIA TEM NOVO SUPERINTENDENTE




Na avaliação de Everandy Cirino, a aposta feita pelo presidente da Codesp tem tudo para dar certo

Ao que tudo indica, o alto escalão da lendária e centenária Guarda Portuária agora está sob o duplo comando das bancadas maçônica e evangélica, navegando na mais absoluta harmonia em termos de gestão compartilhada. 
Isto porque, depois de ocupar interinamente por quase 30 dias o cargo de superintendente da Guarda Portuária da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), o coronel do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo e ex-comandante do 6º Grupamento do Corpo de Bombeiros da região, Eduardo Nocetti Holms, foi finalmente efetivado no cargo na última segunda-feira (11).  
Bem aceita e comemorada por muitos, por um lado, e nem tanto pelos que defendem a ocupação da cadeira por funcionário de carreira, por outro, a notícia da efetivação já era aguardada pelos corredores da presidência da Codesp, na Avenida Rodrigues Alves s/nº.
Com a contratação bancada pessoalmente pelo presidente da empresa, Alex Botêlho de Oliva, o novo superintendente chega para ocupar um dos mais importantes postos da estatal portuária, que se encontrava vago desde agosto após a saída de Ézio Borghetti, cuja administração foi pautada por polêmicas que mereceram destaque neste portal (clique aqui e aqui).
Apesar de não possuir a devida formação para ocupar a estratégica posição, bem como não atender a algumas exigências, inclusive da própria Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Conportos), tais como o curso de supervisor de segurança portuária, além de dispositivos previstos no Regimento Interno da Guarda Portuária, pendências que, segundo a "rádio peão", serão sanadas no início de 2018, o agora homem forte da GPort assume com total aval da direção da Codesp e, principalmente, com a confiança da corporação por dias melhores.
A designação de Nocetti Holms também foi bem recebida pelas lideranças sindicais. "Trata-se de um nome de destaque e esperamos que a experiência por ele adquirida nos longos anos de atuação à frente do Corpo de Bombeiros da região lhe sirva de base para os novos desafios que certamente irá enfrentar no comando da centenária e gloriosa Guarda Portuária", disse o presidente do Sindicato dos Empregados na Administração Portuária (Sindaport), Everandy Cirino dos Santos.
O sindicalista lembrou o rico histórico de realizações que o superintendente traz na bagagem. "Não sendo possível a nomeação de um companheiro de carreira, creio que o presidente Oliva fez uma excelente escolha ao optar por um profissional dedicado, sério e comprometido, que esteve à frente de vários eventos, que por pouco, não se tornaram trágicos, os quais lamentavelmente entraram para a história do Porto de Santos e das cidades envolvidas de forma bastante negativa."
No comando do 6º Grupamento do Corpo de Bombeiros da região, Nocetti Holms liderou a competente brigada no combate ao incêndio da Ultracargo, na região da Alemoa, que em abril de 2015, em plena Páscoa, colocou a cidade de Santos e demais municípios da Baixada Santista em estado de alerta com um fogaréu que durou nove longos dias até que fosse totalmente debelado.
Menos de um ano depois, ele novamente liderou os bravos bombeiros na luta contra o fogo que tomou conta do pátio de cargas do terminal alfandegado da Localfrio, na Margem Esquerda do Porto de Santos, em Guarujá. Já na tarde de 5 de janeiro deste ano, o agora "doqueiro" foi um dos primeiros a ultrapassar os portões de entrada da Vale Fertilizantes, em Cubatão, logo após uma forte explosão dar início a um grande incêndio na Unidade 2 da empresa.
Participações nos incêndios da Copersucar, Rumo/Cosan, navios e outros verificados no complexo portuário, assim como em comunidades localizadas nos bairros mais afastados da área urbana também fazem parte do currículo profissional do superintendente Nocetti Holms .
Na avaliação de Everandy Cirino, a aposta feita pelo presidente da Codesp tem tudo para dar certo. "A diretoria do Sindaport deseja ao superintendente uma gestão positiva e repleta de realizações que atendam, não apenas aos interesses do maior e mais importante porto da América Latina, mas sobremaneira aos anseios da categoria", finalizou.
Por enquanto... tudo justo e perfeito, amém!
Fonte: Sindaport



* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES