Postagem em destaque

SEMINÁRIO REALIZADO PELA CONPORTOS TRAZ NOVAS PERPECTIVAS PARA A SEGURANÇA PORTUÁRIA

O presidente da CONPORTOS, ao centro, pretende aprimorar a segurança nos portos brasileiros  Em entrevista ao Portal, presidente da...

terça-feira, 27 de março de 2018

0

GUARDA PORTUÁRIA RECEPCIONA VELEIROS PARTICIPANTES DE EVENTO




Os agentes da Guarda Portuária acompanharam a atracação, e durante todo o evento ficarão responsáveis pela segurança e o controle de acesso dos visitantes

No último domingo (25), a Guarda Portuária do Porto do Rio de Janeiro recepcionou os veleiros participantes da etapa brasileira do evento “Velas Latinoamérica 2018”.  Os agentes da Guarda Portuária acompanharam a atracação, e durante todo o evento ficarão responsáveis pela segurança e o controle de acesso dos visitantes.

Pela manhã, assete embarcações fizeram um desfile naval passando em frente às praias da Barra da Tijuca, São Conrado, Leblon, Ipanema e Copacabana. O evento vai reunir seis Navios Veleiros estrangeiros e o Navio Veleiro “Cisne Branco”, que estarão atracados entre os armazéns 1 e 7 do Cais do Píer Mauá até o dia 1º de abril.
O encontro, realizado a cada quatro anos, é promovido pela Marinhas da América Latina e tem como objetivo, fortalecer os laços de amizade entre as diferentes marinhas e a população dos países e portos visitados.
Segundo o capitão de Mar e Guerra Claudio de Sousa Freitas, subchefe do Estado-Maior, essa é a primeira etapa do ano e a segunda vez em que a cidade recebe o evento.
"Em 2010, nós recebemos todos os navios no píer onde agora fica o Museu do Amanhã. Em 2014, a Praça Mauá estava em obras, então a etapa brasileira se deu em Itajaí. Este ano, estamos voltando ao Rio de Janeiro como etapa de largada, porque o Rio de Janeiro é um atrativo, é a Cidade Maravilhosa, que traz sempre um apelo muito grande para que os navios venham visitar-nos", declarou Sousa Freitas.
Veleiros participantes

Participam do circuito os navios Cisne Branco, do Brasil, com 76 metros de comprimento; o argentino Fragata Libertad; o chileno Esmeralda, o mais antigo deles, incorporado em 1953; Gloria, da Colômbia, o menor entre os participantes, com 67 metros; o espanhol Juan Sebastián de Elcano, o maior deles, com 113,1 metros de comprimento; o mexicano Cuauhtémoc; e o navio venezuelano Simon Bolívar.
"São navios bastante atrativos, porque eles mesclam o imaginário das pessoas, com essa aparência de caravelas do século passado. Mas são navios cheios de tecnologia, são navios-escola que dão preparo para os futuros marinheiro das marinhas latino-americanas. Normalmente, as marinhas têm o seu período acadêmico, a faculdade de quatro anos e depois, para finalizar essa formação, a experiência navegando no mar. Esses navios escolas são para isso, para dar esse arcabouço final na formação do marinheiro", explica o capitão Sousa Freitas.
Portos

Ao todo, a viagem dos veleiros vai durar 157 dias pela costa da América Latina e do Caribe, num total de 12 mil milhas náuticas, o equivalente a 19.312 quilômetros. Também estão programadas paradas em Buenos Aires (Argentina), Ushuaia (Patagônia Argentina), Cabo de Hornos (Antártica Chilena), Punta Arenas (Chile), Talcahuano (Chile), Valparaíso (Chile), Antofagasta (Chile), Callao (Peru), Guaiaquil (Equador), Balboa (Panamá), Curaçao (Caraíbas holandesas), Cartagena das Índias (Colômbia), La Guaira (Venezuela), Santo Domingo (República Dominicana), Cozumel (Caribe mexicano). O percurso termina em Veracruz (México), em 2 de setembro.
Visitação

A visitação ocorre até a sexta-feira, das 13h às 17h30 e o sábado, das 13h às 18h30. No sábado também haverá uma apresentação da Banda Marcial dos Fuzileiros Navais, às 17h30 na Praça Mauá. No domingo, os veleiros fazem novo desfile naval, saindo do porto do Rio em direção a Montevidéu, no Uruguai.
O Desfile se repete no encerramento, dia 1º de abril, quando os navios partem com destino a Montevidéu, no Uruguai. No dia 31 de março, às 18h, haverá uma apresentação da Banda do Corpo de Fuzileiros Navais aberta ao público, na Praça Mauá.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES