Postagem em destaque

CONPORTOS ABRE AS INSCRIÇÕES PARA NOVO CURSO DE ATUALIZAÇÃO PARA SUPERVISORES

Os candidatos poderão se inscrever no período de 10/07/2018 a 24/12/2018 e realizar o curso até o dia 31 de dezembro Desde ontem (...

quarta-feira, 20 de junho de 2018

0

CONPORTOS REALIZA EM SANTOS SEMINÁRIO PARA APRIMORAR PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA




Diversas autoridades que participaram da “Operação Caiçara”, que ocorreu no Porto de Santos durante a greve dos caminhoneiros, foram homenageadas

A Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Conportos) abriu nessa quarta-feira (20), o Seminário Regional de Segurança Pública Portuária, visando, por meio da interação entre a sociedade civil, empresarial e entes estatais, disseminar informações e fomentar a troca de experiências na área de segurança, aprimorando, ainda mais, os procedimentos de segurança portuária.
Durante a cerimônia de abertura o diretor-presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), José Alex Oliva, agradeceu ao Conportos o privilégio de iniciar esse ciclo de eventos sobre segurança pública portuária pelo Porto de Santos. “Esse é o início de um novo ciclo, onde a Conportos e as Comissões Estaduais de Segurança Pública nos Portos , Terminais e Vias Navegáveis (Cesportos) passam a ter uma atividade muito mais integrada e seu papel reconhecido na segurança portuária brasileira. Isso se dá por meio da integração dos diversos segmentos e autoridades que atuam no sistema”, afirma o presidente da Codesp.
A diretora executiva da Polícia Federal, Silvana Borges, ressaltou a importância estratégica dos portos brasileiros, constatada em sua visita ontem às instalações do Porto de Santos e dos aprimoramentos e mecanismos e procedimentos necessários para manter seguros os portos. “Basta ler os jornais para verificar o quanto o crime organizado busca se infiltrar nos portos, cabendo, portanto, ao segmento estatal de segurança pública, exercer o seu papel de prover os meios para prevenção e repressão desses crimes”. Segundo a diretora da PF, esse trabalho deve ser conjunto e envolver, também, os operadores portuários. “A realização desses seminários nos portos brasileiros permitirá o conhecimento das melhores práticas de segurança pública portuária e viabilizarão a atualização do Plano Nacional de Segurança Pública Portuária, bem como das resoluções da Conportos e de todos os procedimentos de controle e fiscalização de responsabilidade da Cesportos”.
O delegado de Polícia Federal, Marcelo João da Silva, presidente da Conportos, considera necessário aprimorar a segurança pública portuária nos portos brasileiros, “repensando estratégia e rotinas de trabalho”. Segundo Silva, não há como enfrentar o fenômeno do crime organizado isoladamente. A proposta da Conportos tem como alicerce a cooperação, a integração e inteligência.
Ao final do evento foram homenageados integrantes do Exército, Marinha, Polícia Militar, Polícia Federal, Alfândega do Porto de Santos, Antaq e Codesp, na pessoa de seu Diretor Presidente, José Alex Oliva, e integrantes da Guarda Portuária, pela atuação durante a Operação Caiçara, que reuniu esforços dessas instituições no sentido de criar um corredor de segurança para os caminhoneiros, liberando as vias de acesso ao Porto de Santos, que estavam bloqueadas pelos manifestantes durante a greve iniciada no final de maio.
Envolvendo cerca de 200 participantes o evento inclui palestras, oficinas de debate, atualização e capacitação para alinhar a execução dos procedimentos que garantam a proteção da atividade portuária.
O evento, que se estenderá até amanhã (21/06), deverá ocorrer também em outros portos nacionais.
Conportos

A Conportos, criada pelo Decreto 1.507, de 30/05/1995, alterado pelo Decreto nº 1.972, de 30/07/1996, é presidida pela Polícia Federal e integrada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública, Ministério da Defesa, representado pelo Comando da Marinha, Ministério da Fazenda, Ministério das Relações Exteriores e Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                                                                                                                         
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                                                  
                             COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES