Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

quarta-feira, 20 de junho de 2018

0

SUSPEITO DE CHEFIAR QUADRILHA QUE ATIROU CONTRA BARCO DA RECEITA É PRESO PELA 2ª VEZ


Rodrigo Pires dos Santos, também conhecido como 'Danone', foi preso em 2015 (Foto: Divulgação/PM)

Homem estava solto e, desta vez, foi preso por porte ilegal de arma em Santos, no litoral paulista

Um homem suspeito de comandar uma quadrilha que realizava assaltos em várias cidades da Baixada Santista, em São Paulo, foi preso na madrugada de segunda-feira (18). Rodrigo Pires dos Santos é apontado como o chefe do grupo que foi flagrado atirando contra uma embarcação da Receita Federal, em 2015. Desta vez, ele foi preso por porte ilegal de arma, junto com outro homem procurado pela Justiça.
De acordo com informações do boletim de ocorrência, policiais militares avistaram um veículo suspeito entre as ruas João Otávio e João Pessoa, no Centro de Santos, na noite do último domingo (17).
Quatro homens estavam no carro. Thyago Antonio de Oliveira da Silva Melo afirmou que é motorista de aplicativo, e que estaria apenas conduzindo os demais. Os policiais militares não encontraram nada de ilícito no veículo.
Polícia Militar apreendeu a arma e os celulares do trio (Foto: Divulgação/PM)

Durante revista, Rodrigo Pires dos Santos confessou que estava com uma pistola municiada. Ele também é conhecido como 'Danone', e foi preso em 2015 por suspeita de chefiar uma quadrilha na região. A Polícia Civil ainda não informou porque Pires estava solto.
“Danone” era investigado por supostamente chefiar o grupo flagrado atirando contra uma embarcação da Receita Federal, além do assalto a uma marina, tráfico de drogas e porte de arma. Equipes de investigação do 3° Distrito Policial de Santos e de São Vicente também investigavam a participação de Pires em outros crimes registrados nos dois municípios.
LEIA TAMBÉM: 

Jair Eleutério Amâncio também estava dentro do carro. Ele afirmou estar na condição de procurado. Já Denis Mira Marques estava com R$ 634 e não soube explicar a procedência do dinheiro. Ele também disse que era procurado da Justiça e afirmou que a arma encontrada com o Rodrigo era dele.
Rodrigo foi preso em flagrante por porte ilegal de arma, e os outros dois pelos outros crimes cometidos. Eles foram encaminhados ao 5º DP de Santos, onde permanecerão disposição da Justiça.
Fonte: G1 Santos


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES