Postagem em destaque

HACKERS QUEREM BITCOINS PARA DEVOLVER CONTROLE DO PORTO DE FORTALEZA

Eles tomaram controle do sistema de gerenciamento de cargas e veículos na segunda-feira. Desde segunda-feira (28) o Porto do Mucuripe...

LEGISLAÇÕES

terça-feira, 5 de novembro de 2019

0

RECEITA FEDERAL APREENDE 869 KG DE COCAÍNA EM DUAS APREENSÕES NO PORTO DE PARANAGUÁ



Uma das cargas tinha como destino o Porto de Antuérpia, na Bélgica, enquanto a outra o destino era o Porto de Algeciras, na Espanha.
Na madrugada do último sábado (02), a Receita Federal realizou duas apreensões de cocaína no Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), localizado no Porto de Paranaguá, litoral do Paraná.



Uma das cargas tinha como destino o Porto de Antuérpia, na Bélgica e a cocaína estava oculta em meio a uma carga de ácido cólico, usado na preparação de produtos farmacêuticos. Nesse contêiner foram apreendidos 709,5 kg de cocaína.



Na segunda apreensão foram localizados 159,5 kg da mesma droga em uma carga de frango congelado, que tinha como destino o Porto de Algeciras na Espanha. Em ambos os casos a cocaína foi localizada com a utilização do escâner de cargas.



Ao longo do ano de 2019 a Receita Federal já efetuou, no Porto de Paranaguá, 25 apreensões de cocaína, totalizando 14.350,50 kg da droga.
A operação foi realizada pela Seção de Vigilância Aduaneira da Alfândega da Receita Federal (Savig) da Alfândega de Paranaguá. A Droga apreendida foi entregue a Polícia Federal que ficará responsável pelas investigações.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.