Postagem em destaque

OPERAÇÃO ENVOLVENDO PF, RFB E GPORT APREENDE MAIS DE UMA TONELADA DE COCAÍNA NO PORTO DE SÃO SEBASTIÃO

  A troca de informações entre as autoridades envolvidas foi crucial para o sucesso da operação. Na tarde da última sexta-feira (02) uma o...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 5 de outubro de 2020

0

POLÍCIA FEDERAL PRENDE QUATRO PESSOAS SUSPEITAS DE TENTAR EXPORTAR DROGAS PELO PORTO DE SANTOS

 

Três são ligadas às operações de exportação dos equipamentos e uma às transações financeiras com a empresa de exportação.

A Polícia Federal deflagrou na última terça-feira (29), a Operação Energia, visando combater o tráfico internacional de drogas. Participaram da deflagração 28 policiais federais, que deram cumprimento a seis mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão preventiva, todos expedidos pela 6° Vara Federal de Santos.

A ação foi realizada após mais de quatro meses de investigação, a partir da apreensão de 373 kg de cocaína, no dia 21 de maio, no Porto de Santos, no terminal da empresa Brasil Terminal Portuário (BTP).

Diferença na parte inferior da estrutura desse gerador levantou suspeita (Foto:PF)

A droga apreendida estava no container de prefixo CMAU5023404, que continha três geradores e mais um compressor de ar e uma serra, e que seriam embarcados no navio MAERSK LABERINTO, com destino ao Porto de Algeciras, na Espanha.

O modo como o entorpecente foi escondido nas respectivas máquinas demandou uma desmontagem e remontagem elaborada das máquinas, necessitando de corte de chapas de aço, soldagem e pintura. As drogas foram encontradas na parte em que seriam os tanques de combustível dos geradores e no cilindro de ar do compressor.

Um cão farejador sinalizou para a existência de droga dentro do cilindo (Foto: PF)

Após a apreensão, as drogas foram entregues à Polícia Federal, que deu início às investigações para descobrir os responsáveis pelo carregamento de cocaína. Na época ninguém foi preso, mas o modo como à droga foi escondida levou os policiais a desconfiarem que os criminosos fossem especializados nesse tipo de equipamento.

De acordo com a Polícia Federal, três pessoas detidas são ligadas diretamente às operações de exportação dos equipamentos e uma é ligada às transações financeiras com a empresa de exportação. Os policiais ainda apreenderam um veículo da marca Mercedes Benz, avaliado em mais R$ 400 mil, pertencente a um dos empresários. Outro empresário detido, de 67 anos, é proprietário de um restaurante na cidade.

Mercedes Benz de propriedade um dos empresários suspeitos (Foto: Reprodução TV Tribuna)

Segundo a PF, o nome da operação é uma alusão aos equipamentos usados para esconder e transportar as drogas.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.