Postagem em destaque

OPERAÇÃO ENVOLVENDO PF, RFB E GPORT APREENDE MAIS DE UMA TONELADA DE COCAÍNA NO PORTO DE SÃO SEBASTIÃO

  A troca de informações entre as autoridades envolvidas foi crucial para o sucesso da operação. Na tarde da última sexta-feira (02) uma o...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 9 de outubro de 2020

0

PRF APREENDE MAIS DE UMA TONELADA DE COCAÍNA QUE SERIA EXPORTADA PELO PORTO DO RIO DE JANEIRO

 


Segundo a PRF, facções criminosas do Rio atuam em parceria com o PCC.

Na última segunda-feira (05) a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de uma tonelada de cocaína, em três ações distintas na Rodovia Presidente Dutra, que faz a ligação entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Arujá

No período da manhã, em Arujá/SP, uma equipe da PRF abordou um veículo da marca GM, modelo Spin, localizando no seu interior 330 kg de cocaína, sendo o condutor preso. Após levantamento pela central de monitoramento, foi observado que outros veículos estavam acompanhando àquele que foi abordado. De imediato foi emitido um alerta geral.

Lavrinhas

No final da tarde, por volta das 16h10, no posto da PRF localizado no km 18 da Rodovia Presidente Dutra, em Lavrinhas-SP, outra equipe abordou um veículo semelhante, e prendeu um homem de 28 anos transportando 329,97 kg de cocaína.

Durante a fiscalização, a polícia localizou a droga no porta-malas e sobre os bancos de um veículo da mesma marca e modelo da ocorrência anterior. De acordo com a PRF, os dois homens detidos disseram que levariam a droga para o Rio de Janeiro. Outros dois veículos não atenderam a ordem de parada, empreendendo fuga.

Resende

Equipes da PRF iniciaram uma varredura nos pontos da rodovia, em busca dos veículos evadidos, logrando êxito em encontra-los abandonados em um posto de combustíveis na entrada de Resende, na altura do km 304 dessa rodovia.

Ao revistarem o interior desses dois veículos, os policiais localizaram mais 493 tabletes de cocaína. Ao todo foram apreendidos 1.153 Kg da droga, avaliada em mais R$ 50 milhões.

Cavalo Doido

Segundo a PRF esse tipo de transporte de droga, que ocorre quando os traficantes tentam passar as barreiras policiais a qualquer custo, empreendendo fuga em alta velocidade quando são abordados, saindo disparados como se fosse um cavalo enlouquecido fugindo de algo, é conhecido no meio policial como “Cavalo Doido”.

Quadrilha

Segundo José Hélio, porta-voz da PRF, há uma ligação entre traficantes dos dois estados. “A gente tem pego muitos carregamentos no Rio que seriam para comunidades as quais existem facções que são parceiras de uma facção criminosa de São Paulo (PCC)”, disse ele.

Conforme informaram os agentes, as drogas vinham de São Paulo e tinham como destino o Porto do Rio de Janeiro. Do local, a carga seria levada até Antuérpia, na Bélgica, uma das principais portas de entrada do entorpecente na Europa.



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.