Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PRENDE FORAGIDO DA JUSTIÇA NO PORTO DO RIO

  A prisão foi possível graças a troca de informações entre a Polícia Civil e a Guarda Portuária, ambas integrantes do SUSP - Sistema Único ...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

0

RECEITA FEDERAL APREENDE 230 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE PARANAGUÁ

 

O destino da carga seria o Porto de Valência, na Espanha.

Na última quarta-feira (09), a Receita Federal do Brasil (RFB) apreendeu 230 kg de cocaína no Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná.

A droga foi localizada após a fiscalização com o auxílio do escâner em um contêiner contendo uma carga de madeira. Após a abertura, os agentes acharam junto a porta, as bolsas contendo os tabletes de cocaína. O destino da carga seria o Porto de Valência, na Espanha.

As autoridades acreditam que o método utilizado foi o rip-on/rip-off, quando os traficantes inserem a droga no contêiner sem que o exportador da carga lícita tenha conhecimento da contaminação.

O entorpecente foi encaminhado à Polícia Federal (PF), que seguirá com as investigações.

20ª Apreensão

Esta foi a 20.ª apreensão de cocaína no terminal de contêineres do porto neste ano. Em dezembro, outras duas operações já haviam encontrado drogas no local. A última aconteceu no dia 4 de dezembro, quando houve a apreensão 222,5 kg da droga.

Neste ano, somente no Porto de Paranaguá, a Receita Federal já apreendeu o total de 6.318,00 kg de cocaína.

O quadro abaixo mostra o resumo das apreensões realizadas pela RFB, em 2020, no Porto de Paranaguá.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.