Postagem em destaque

QUEM SÃO OS BANDIDOS BRASILEIROS MAIS PROCURADOS NO PAÍS E NO MUNDO? VEJA LISTA

  Dos 18 foragidos na lista nacional, oito têm ordem de prisão por crime de tráfico de drogas (44%) Traficantes e assaltantes conhecidos, ma...

LEGISLAÇÕES

sábado, 26 de dezembro de 2020

0

RECEITA FEDERAL APREENDE QUASE 3 T DE COCAÍNA NO PORTO DE SANTOS

 

A droga oculta em bobinas de alumínio iria para o Porto de Roterdã, na Holanda

Na manhã da última terça-feira (22) a Receita Federal do Brasil (RFB) apreendeu 2.932 kg de cocaína escondidos em uma carga de exportação, no Porto de Santos, litoral de São Paulo.

A carga foi selecionada para conferência através de critérios objetivos de análise de risco, incluindo a inspeção não intrusiva por imagens de escâner. Durante a inspeção, o cão de faro da RFB sinalizou positivamente para a presença de drogas.


A droga estava cuidadosamente oculta em carregamento de bobinas de alumínio, destinadas ao Porto de Roterdã, na Holanda.

Novo Recorde

Essa foi a maior apreensão da droga realizada pela RFB no Porto de Santos e a primeira a superar duas toneladas em uma só carga. Até então, a maior havia ocorrido no dia 8 de março de 2019, quando foram apreendidos 1.776 kg ocultos em uma carga de limões frescos acondicionados em caixas de papelão.


Organizações criminosas

No continente europeu a cocaína apreendida pode alcançar a quantia de R$ 756,5 milhões. As autoridades acreditam que em virtude da quantidade, do seu elevado valor e a logística empregada, organizações criminosas como o Primeiro Comando da Capital (PCC) e a máfia italiana N’drangheta possam estar envolvidas nessa tentativa de envio da droga para a Europa. Um consórcio entre megatraficantes também não está descartado.


A droga interceptada pela RFB foi entregue à Polícia Federal (PF), que acompanhou a operação a partir de sua localização e prosseguirá com as investigações a partir das informações fornecidas pela Receita. O repasse de informações das operações à polícia judiciária tanto pode dar início a novas investigações, como complementar as que estão em curso.


Total já passa de 20 toneladas

A RFB apreendeu mais de 20,5 toneladas de cocaína no Porto de Santos em 2020. Até o momento, foram 49 apreensões. Na maior parte dos casos, a droga foi encontrada dentro de contêineres que seriam enviados para a Europa.

As cargas em meio às quais o entorpecente é escondido são as mais variadas possíveis. Sucata, óleo, limão, farinha, papel, tripas de carne, açúcar, café e máquinas são alguns exemplos. Além disso, este ano, a RFB em Santos também encontrou cocaína oculta na estrutura de contêineres e dentro de equipamentos.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      
                                                                                       
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.