Postagem em destaque

CONPORTOS ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O CURSO ESPECIAL DE SUPERVISÃO EM SEGURANÇA PORTUÁRIA

  O período de inscrição é de 18 de maio de 2022 a 05 de junho. Serão disponibilizadas 240 (duzentas e quarenta) vagas A Comissão Nacional...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 2 de dezembro de 2021

0

GAECO REALIZA OPERAÇÃO CONTRA GRUPO CRIMINOSO QUE ATUA NA REGIÃO DO PORTO DE SANTOS

 

Um homem foi preso durante a operação. Ele tinha um mandado de prisão por tráfico de drogas

Na tarde da última terça-feira (23), foi deflagrada uma megaoperação para desmantelar um grupo criminoso que atua na região do Porto de Santos, litoral de São Paulo.

A Operação Advenimus, em combate ao crime organizado, envolveu cerca de 230 agentes na comunidade Santa Cruz dos Navegantes, localizada na entrada do porto, em Guarujá, com a utilização de viaturas, drones, cães farejadores e aeronaves, para o cumprimento de 15 mandados de busca e apreensão em imóveis de supostos envolvidos na quadrilha, que cometeu crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

     Foto: Divulgação PRF

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público, foi o responsável pela operação, que contou com a participação da Polícia Federal (PF), Receita Federal do Brasil (RFB), Polícia Rodoviária Federal (PRF), e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Durante as investigações, o Gaeco identificou vários bens de alto valor pertencentes aos integrantes deste grupo, que ostentavam uma vida de luxo com o dinheiro obtido por meio das ações criminosas. Diante das suspeitas, foram expedidos mandados de busca e apreensão para averiguação de materiais que pudessem ajudar a polícia a capturar os envolvidos.

A operação foi encerrada na última sexta-feira (26). Segundo a Gaeco, apesar de não estar entre os alvos da operação um homem foi preso durante a operação. Foi constatado que havia um mandado de prisão por tráfico de drogas contra ele.

Base Aérea de Santos

A Base Aérea de Santos (BAST) foi escolhida como ponto de apoio às ações, tanto por sua estrutura quanto pela localização estratégica. A Operação contou com a atuação de três helicópteros da PRF e um efetivo flutuante de cerca de 45 agentes por dia ao longo de todo o período. Também foi montado um centro de Comando e Controle das Operações Aéreas e Terrestres.

        Foto: Suboficial Sanches

Operação Advenimus

O nome da operação quer dizer “chegamos”, em latim. O grupo se vangloriava em diversos meios de que ali, em seu reduto, ninguém chegava.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.