Postagem em destaque

CONPORTOS ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O CURSO ESPECIAL DE SUPERVISÃO EM SEGURANÇA PORTUÁRIA

  O período de inscrição é de 18 de maio de 2022 a 05 de junho. Serão disponibilizadas 240 (duzentas e quarenta) vagas A Comissão Nacional...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

0

POLÍCIA APREENDE 400 KG DE COCAÍNA NO MARAJÓ APÓS INTERCEPTAR EMBARCAÇÃO EM RIO

 

Operação policial durou quase 12 horas e prendeu dois suspeitos. Droga e arma foram apreendidas

Cerca de 400 kg de cocaína foram apreendidos pela Polícia Militar na quarta-feira, 5 de dezembro, em uma operação que durou quase 12 horas no arquipélago de Marajó, na região Norte do Pará. Duas pessoas foram presas e outros suspeitos fugiram ao ver a polícia.

A droga estava em uma embarcação que foi interceptada pelos policiais quando passava em um rio na cidade de Muaná.

A cocaína, em tabletes, estava escondida em um dos compartimentos do barco. Uma espingarda e munições também foram apreendidas.

Segundo o comandante do Comando de Policiamento Ambiental (CPA), coronel Antônio Cavalcante, a apreensão foi resultado de apurações e trabalho integrado da "Companhia Independente de Polícia Fluvial (Cipflu) pelos rios e Bope pelo chão".

Dois tripulantes da embarcação foram presos e levados na noite para a Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), em Belém.

A PM e Polícia Civil não detalharam idades e identidades dos presos, nem o que eles alegaram. Não foi informado quantos suspeitos fugiram do barco, nem de onde a droga vinha e qual seria o destino.

Fonte: g1 Pará —Belém


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.