Postagem em destaque

PM PRENDE MERGULHADOR COM 53 KG DE PASTA BASE DE COCAÍNA

  A droga seria escondida em casco de navio no Porto de Santos Na madrugada da última sexta-feira (05), um homem foi preso no Distrito de ...

LEGISLAÇÕES

domingo, 10 de julho de 2022

0

RECEITA FEDERAL APREENDE NO PORTO DE ITAPOÁ AGROTÓXICOS DE USO PROIBIDO NO BRASIL


Mais de 48 mil litros de substâncias ilegais estavam escondidas em meio a uma carga de produto para tratamento de água de piscinas

A Receita Federal do Brasil (RFB) realizou na última quarta-feira (6/7), em duas ações distintas, a apreensão de 24 mil litros de Paraquat (herbicida) e 24 mil litros de Endosulfan (inseticida e acaricida) que estavam escondidos junto a carga declarada como sendo de sulfato de alumínio, um composto químico utilizado para o tratamento de água em piscinas. Os dois produtos têm a comercialização proibida no Brasil devido a sua alta toxicidade. As mercadorias foram enviadas da China e tinham como destino o Brasil.

Na primeira apreensão, o herbicida Paraquat estava acondicionado em tonéis. Os tonéis próximos à porta realmente continham sulfato de alumínio, mas os demais continham a carga de agrotóxicos ilegais, em uma evidente tentativa de driblar a fiscalização.

Já na segunda apreensão, o inseticida Endosulfan estava acondicionado em garrafas de um litro, misturadas a garrafas que continham sulfato de alumínio, tendo sido utilizado o mesmo modus operandi de colocar a carga lícita próxima à porta do container e a ilícita no restante do container.

O valor total da apreensão é de cerca de R$ 1,5 milhão. A ação contou com a participação de servidores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que constataram com o uso de equipamentos especializados a composição química dos agrotóxicos ilegais. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Força Tarefa de Segurança Pública do Mato Grosso também colaboraram com informações que levaram à apreensão.

O Paraquat tem um dos maiores valores de toxicidade aguda entre os herbicidas comerciais. Sua dosagem letal oral (LD50) em humanos é de cerca de 3 mg/kg. O Paraquat pode resultar em toxicidade agudamente grave para todos os órgãos e resultar em morte dentro de 24 horas após a ingestão, não existindo antídoto eficaz. O banimento do produto no Brasil foi determinado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 2017.

O inseticida/acaricida Endosulfam está banido do Brasil desde 31 de julho de 2013, quando foi proibida a venda e o uso deste organoclorado. O banimento decorre da alta persistência ambiental e periculosidade, bem como sua relação com distúrbios hormonais e incidência de câncer.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.