Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2024

0

GUARDA PORTUÁRIO MEMBRO DO CONSAD COBRA MELHORIAS NA COMPANHIA DOCAS DO PARÁ

 

Cileno não restringe sua atuação apenas nas participações nos dias de reunião. Ele é sempre visto atuante dentro da empresa

O guarda portuário Cileno Borges, representante dos empregados no Conselho de Administração – CONSAD, da Companhia Docas do Pará (CDP), Autoridade Portuária que administra os portos públicos do estado do Pará, mesmo reconhecendo o empenho do presidente Jardel Rodrigues da Silva no início da gestão, não deixa de cobrar constantemente as reinvindicações dos empregados.

Cileno Borges com guardas portuários

Pautas como melhorias na infraestrutura portuária; adicional de risco do TGL/PVC; novo plano de empregos (PECR); concessão do PRÊMIO 2023; reforma geral da portaria do PVC; Portus; PDVI; PUCS; complemento das diárias em casos de pernoite; a não terceirização de postos de serviço da guarda, auxiliares e técnicos portuários; combate às práticas de assédio moral; melhores condições de serviço na balança do Terminal de Outeiro, ETAS e alojamento da GPort do Porto de Belém, e muitas outras,  inclusive algumas que seriam de competência do sindicato, mas ao ser procurado por trabalhadores, busca auxiliar de alguma forma.

Cileno Borges com trabalhadores do Porto de Vila do Conde

Muitas tem sido as demandas que o Conselheiro Cileno, incansavelmente, leva as reuniões do CONSAD ou mesmo diretamente ao presidente, diretor ou responsável por áreas especificas, as quais, infelizmente, nem sempre tem retorno.

Cileno Borges com trabalhadores do almoxarifado central da CDP

Cileno não restringe sua atuação apenas nas participações nos dias de reuniões. Mesmo não sendo liberado de suas funções como guarda portuário para atuar como Conselheiro é sempre visto atuante dentro da empresa, seja lendo ou produzindo documentos, fazendo encaminhamentos à diretoria, dando atenção indistinta a todos, visitando os trabalhadores e conversando com as áreas técnicas sempre que possível e, principalmente, suas teses são sempre alinhadas com as causas do trabalhador e nunca com a patronal.

Cileno Borges com trabalhadores do Terminal Petroquímico de Miramar - CDP

Por essas e outras razões, Cileno Borges, atualmente no terceiro mandato, tem o apoio maciço dos empregados da CDP e é reconhecidamente um dos conselheiros de administração mais atuantes das estatais do Brasil, defensor das boas práticas de governança e legítimo representante dos empregados.

Mesmo tendo o respeito e admiração da maioria dos empregados, alguns se dão ao trabalho de disseminar, sem comprovar, fatos mentirosos sobre a sua atuação, como Conselheiro. Mas, quem o conhece e acompanha seu trabalho, conduta e atuação no CONSAD, jamais se deixa enganar.

100 dias de gestão do Presidente da CDP

Na reunião ordinária 549° do Conselho de Administração (CONSAD) da Companhia Docas do Pará (CDP), realizada no dia 23 de novembro de 2023, foi apresentado pelo diretor presidente um balanço dos 100 primeiros de sua gestão a frente da CDP.

Cileno Borges junto com empregos em reunião com o presidente da CDP

O presidente Jardel iniciou falando que "tem enfrentado dificuldades administrativas desde que assumiu o cargo e que está tentando superá-las para ter mais tranquilidade e dar fluidez aos processos. Entende que a CDP precisa de uma agenda ambiental, que o maior entrave para as empresas se instalarem na região é o licenciamento ambiental, e que a Companhia deve estar alinhada com o momento que está passando o Pará, de preparação para a COP30 e, para isso, pediu o apoio dos conselheiros"

Os conselheiros representantes e indicados pela União demonstraram preocupação com a baixa execução orçamentária, estiagem no porto de Santarém e pelo fato da não indicação do diretor administrativo financeiro, o que não ocorreu até hoje.

O Conselheiro Cileno Borges, representante dos empregados, reconheceu e agradeceu o empenho do presidente no início da gestão, porém, pediu atenção ao acolhimento das pautas dos empregados, uma melhor gestão nos contratos, além de apontar a dificuldade e demora em receber os empregados quando estes solicitam.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.   

* Texto: O texto deste artigo relata acontecimentos, baseado em fatos obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis e dados observados ou verificados diretamente junto a colaboradores.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e adicionado o link do artigo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.