Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 16 de maio de 2024

0

PF APREENDE 1.800 KG DE COCAÍNA EM EMBARCAÇÃO NA BAÍA DO PORTO DE ARATU


A ação foi conjunta com a Marinha do Brasil, Polícia Civil (Deic e CORE) e a Polícia Militar (CIPE Polo e PATAMO)

A Polícia Federal (PF), em ação conjunta com a Marinha do Brasil (MB), a Polícia Civil da Bahia por meio da Coordenação de Operações e Recursos Especiais (CORE) e do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), a Polícia Militar (CIPE Polo e PATAMO) deflagrou, na última quinta-feira (09), uma ação que resultou na abordagem e apreensão de uma embarcação que transportava 1.800 kg de cocaína.

A operação teve início na noite da terça-feira (07), quando o navio-patrulha ‘Guaratuba’, subordinado ao Comando Naval do Leste, foi acionado, e conseguiu fazer o reconhecimento da embarcação que tentava sair da Baía de Todos os Santos, no litoral da Bahia.

A operação que culminou na apreensão do carregamento de pasta-base para cocaína contou, ainda, com a participação da Lancha de Inspeção Naval Blindada ‘Caraúna’, militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador, e recebeu apoio da Base Naval de Aratu.

A embarcação suspeita foi abordada na Baía do Porto de Aratu, em Candeias, localizada na Região Metropolitana de Salvador (RMS), e foi rebocada para a Base Naval de Aratu (BNA), onde ficou sob a custódia da Marinha, até a conclusão do trâmite jurídico que definirá a sua destinação final.

Embarcação ficou sob a custódia da Marinha na Base Naval de Aratu - Foto: Divulgação PF

A primeira apuração encontrou cerca de 1.100 kg da droga. Na sexta-feira (10), após inspeção minuciosa na embarcação, foram localizados mais 700 kg de cocaína, totalizando a apreensão de 1.800 kg do entorpecente.

A droga oculta no interior da embarcação estava acondicionada em embalagens impermeáveis e com cordas para içamento, o que indica que faria a travessia do Oceano Atlântico, na própria embarcação ou que seria içada para um navio com destino à Europa.

Droga foi localizada escondida no interior da embarcação - Foto: Divulgação PF

As investigações continuarão e os envolvidos poderão responder pelos crimes de tráfico de entorpecentes e organização criminosa.

Apresamento da embarcação

O Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Leste, braço da Marinha subordinado ao Comando do 2º Distrito Naval, efetuou o apresamento da embarcação “Cavaleiros”, que transportava a droga.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.   

* Texto: O texto deste artigo relata acontecimentos, baseado em fatos obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis e dados observados ou verificados diretamente junto a colaboradores.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e adicionado o link do artigo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.