Postagem em destaque

CONHEÇA O CÓRTEX, SISTEMA DE VIGILÂNCIA DO GOVERNO QUE INTEGRA DE PLACA DE CARRO A DADOS DE EMPREGO

  O Córtex também possui acesso em poucos segundos a diversos bancos de dados com informações sigilosas Sem alarde, o Ministério da Justiç...

LEGISLAÇÕES

quarta-feira, 10 de novembro de 2021

0

MARINHA DO BRASIL REALIZA EXERCÍCIO DE DEFESA DE PORTO NO PORTO DE CABEDELO

 

 (Foto: Ivanilson Oliveira/Marinha do Brasil)

O Deportex contou com o emprego de cerca de 200 militares

A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN), participou nas dependências do Porto de Cabedelo, na Paraíba, de 01 a 05 de novembro, do Exercício de Defesa de Porto, denominado Deportex.

 (Foto: Ivanilson Oliveira/Marinha do Brasil)

O Exercício teve como objetivo contribuir para a qualificação dos militares na garantia da segurança e proteção dos terminais portuários, bem como aperfeiçoar as Operações de Defesa Naval de Porto na área de jurisdição do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN), que abrange os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

“Esse exercício é um exercício de defesa do porto, muito importante para defender um grande ativo do nosso estado, que é o Porto de Cabedelo, por onde escoam todas as riquezas da nossa região. Demonstra, principalmente, a nossa preocupação constante em manter a Declaração de Conformidade do Código Internacional, Código ISPS, mantendo sempre a segurança das instalações portuárias e atuando em conjunto com as forças armadas.”, declarou o Capitão dos Portos da Paraíba, Erijansen de Souza Maciel.

 (Foto: Ivanilson Oliveira/Marinha do Brasil)

O Deportex contou com o emprego de cerca de 200 militares, pertencentes ao Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal (GptFNNa), à Capitania dos Portos da Paraíba (CPPB) e aos navios do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste (ComGptPatNavNE). Durante o período, os militares do GptFNNa atuaram nas instalações portuárias em terra, enquanto as embarcações da CPPB e os navios do ComGptPatNavNE  operaram na área marítima adjacente.

  Foto: Thiago Guedes

O treinamento teve como propósito a avaliação e o aperfeiçoamento não só dos militares e meios empregados na segurança e proteção das instalações do terminal, como também de toda a estrutura envolvida no exercício, como a capacidade de suporte logístico e a estrutura de apoio à saúde utilizada.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.