Postagem em destaque

CDRJ É CONDENADA A PAGAR DANOS MORAIS POR NÃO RENOVAR O PORTE DE ARMAS DE UM GUARDA PORTUÁRIO

  O magistrado assinalou que, ao proceder assim, a CDRJ expôs a vida e a integridade física do trabalhador a risco A Companhia Docas do Ri...

LEGISLAÇÕES

terça-feira, 8 de março de 2022

0

ADUANA URUGUAIA APREENDE 211 KG DE COCAÍNA EM CARROS EMBARCADOS NO BRASIL

 

Troca de informações entre a Receita Federal do Brasil e autoridades uruguaias resultou na apreensão da droga

O diretor nacional de Aduanas do Uruguai, Jaime Borgiani, enviou nota oficial à Receita Federal do Brasil (RFB) agradecendo a colaboração dos servidores brasileiros em operação que apreendeu 211 kg de cocaína na última no Porto de Montevidéu.

O trabalho de inteligência e gerenciamento de risco da equipe da RFB em Paranaguá auxiliou no levantamento de uma carga suspeita introduzida junto a veículos Zero Km que embarcaram no Porto de Paranaguá com destino à Argentina, com uma parada prévia em Montevidéu.

No dia 11 de fevereiro, após o alerta enviado ao país vizinho, as autoridades aduaneiras uruguaias se prepararam para inspecionar a carga. Foram averiguados 500 veículos, nos quais foram encontrados 211 kg de cocaína em bolsas.

Com as quadrilhas responsáveis pelo crime organizado atuando em diversos países simultaneamente, a cooperação entre as autoridades aduaneiras é imprescindível para combater o tráfico de drogas e o contrabando.

O Uruguai é um dos países em que a Receita Federal do Brasil mantém um adido para assuntos tributários e aduaneiros visando a reforçar a troca de informações. O órgão também mantém adidos na Argentina, Paraguai e nos Estados Unidos.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.