Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 7 de agosto de 2023

0

PORTO SUDESTE ORGANIZA SIMULADO DE SEGURANÇA

 

Simulado promovido pela Conportos envolveu policiais de operações especiais para testar a eficácia do Plano de Segurança Portuária (PSP)

O Porto Sudeste, porto privado instalado na Ilha da Madeira, em Itaguaí, município do estado do Rio de Janeiro, realizou nesta quarta-feira, 26 de julho, um Exercício Simulado de Apoderamento Ilícito de Navio (ESAIN), promovido pela Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Conportos), e executado pela Coordenação de Operações Táticas (COT/CGAP/DIREX/PF).

Além de testar os protocolos de segurança, prevenção e repressão a atos ilícitos nos portos, terminais e vias navegáveis, o objetivo da atividade também foi reforçar a sinergia entre setor público e privado.

O exercício ainda contou com apoio do Núcleo Especial de Polícia Marítima da Superintendência Regional de Polícia Federal (NEPOM/PF), no Estado do Rio de Janeiro e da Guarda Portuária (GPort), da Autoridade Portuária do Porto do Rio de Janeiro, cujo integrantes fizeram parte do grupo de gerenciamento de crises.

  Guarda Portuária (GPort). Integrantes fizeram parte do grupo de gerenciamento de crises

De acordo com Marcelo João, delegado da Polícia Federal que liderou a atividade, crimes cometidos em embarcações e terminais portuários são de responsabilidade da PF. “A ideia dessa atividade é consolidar uma rotina de exercícios a ser realizada nos principais portos nacionais com o propósito de dotar a Polícia Federal da liderança necessária para atuação rápida e eficiente. As instalações portuárias são complexas e envolvem diversos atores. É fundamental que a gente conheça a parte da iniciativa privada, e eles também saibam da nossa capacidade e desafios”.

Durante a atividade, policiais federais simularam uma invasão ao terminal em um ambiente com refém. O simulado testou o que funciona na prática, além de compreender os fatos relativos ao ambiente marítimo, os quais afetam a segurança e a defesa, a economia e o meio ambiente.

“Todo evento foi acompanhado pelo sistema de monitoramento do Porto Sudeste. A parte tecnológica desempenhou um papel relevante durante a atividade. O que a gente costuma ver durante as auditorias que fazemos no terminal, vimos na prática como seria em um eventual gerenciamento de crise”, disse Marcelo.

Para Alex Gatto, gerente de Segurança Patrimonial do Porto Sudeste, o simulado foi fundamental para testar a eficácia do Plano de Segurança Portuária (PSP).

“A atividade foi uma excelente oportunidade para colocarmos em prática nossos procedimentos de contingência, e da equipe se testar diante de uma situação que não é muito comum em nosso terminal. A segurança – seja ela ambiental, pessoal ou patrimonial – é fundamental para o andamento das nossas operações. Estamos sempre investindo em novas tecnologias, equipamentos de última geração, e capacitação e treinamento de nossos profissionais para garantir a qualidade de nossas ações. E acho que mostramos isso hoje”, avaliou.

ISPS Code

O ISPS Code – sigla em inglês para Código Internacional para Segurança de Navios e Instalações Portuárias – é um importante protocolo criado com o objetivo de estruturar a avaliação de ameaças e de definir ações de proteção apropriadas às embarcações e terminais portuários.

A Conportos, no âmbito federal, e as Cesportos, no âmbito estadual, coordenadas pela Polícia Federal, atuam na construção de protocolos de segurança adequados aos complexos portuários nacionais, além do cumprimento do Código ISPS.

  Porto Sudeste, porto privado na Ilha da Madeira, em Itaguaí, no estado do Rio de Janeiro

O ISPS Code exige cooperação e entendimento contínuos e efetivos entre os setores públicos e privados atuantes no universo marítimo e portuário, de modo a detectar ameaças à proteção e tomar medidas preventivas contra incidentes que afetem navios ou instalações portuárias.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.