Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

OPERAÇÃO CONJUNTA DA GUARDA PORTUÁRIA E POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM APONTADO COMO INTEGRANTE DO COMANDO VERMELHO

  Ele tinha um mandado de prisão preventiva pelo crime de associação para o tráfico de drogas Na noite da sexta-feira (26/01), a Guarda Po...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2024

0

POLÍCIA APREENDE 410 KG DE COCAÍNA, BARCO E EQUIPAMENTOS DE MERGULHO NO CEARÁ

 

Ação é típica do modus operandi de inserção da droga no compartimento de casco de navios com destino ao exterior

Na madrugada da última terça-feira (6), a Polícia Militar apreendeu 410 kg de cocaína no bairro Praia do Futuro, na Região Metropolitana de Fortaleza, e no bairro Garrote, na cidade de Caucaia, no Ceará.

A droga estava embalada e distribuída em 340 tabletes. Um homem e uma mulher, naturais de São Paulo, foram presos e conduzidos para a delegacia da região. Outro suspeito, que estava com um cilindro de oxigênio utilizado por mergulhadores, fugiu pelo mar.

Abordagem

Na madrugada, por volta de 2h30, uma equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi acionada para averiguar a atividade suspeita no bairro Praia do Futuro, após os operadores do Núcleo de Videomonitoramento (Nuvid) da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), flagrarem dois homens saindo de um carro branco, com sacos pretos, e seguindo em direção à faixa de areia.

No local, os policiais abordaram um homem, identificado como Luan da Silva Nunes, de 25 anos, natural do estado de São Paulo. O outro, que já estava no mar, conseguiu fugir.

No interior do carro utilizado pelos suspeitos, os agentes de segurança encontraram três cilindros de oxigênio, dois rolos de cordas, um par de nadadeiras para mergulho, duas varas de pesca, cordas, máscaras de mergulho, um aparelho celular, uma caderneta de anotações e a identidade do suspeito que conseguiu fugir.

O suspeito e o material foram conduzidos para o 2º Distrito Policial (2º DP), unidade plantonista da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) na área.

Localização das drogas

Na caderneta, os policiais localizaram, também um endereço no bairro Garrote, na cidade de Caucaia, e decidiram seguir com a investigação.

Dando continuidade as diligências, uma equipe do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) se deslocou para o endereço, momento em que foi abordada uma mulher, Cristina Iara Pereira, de 47 anos, que também é natural de São Paulo.

Na residência, os militares apreenderam 340 tabletes de cocaína, totalizando cerca de 410 kg da droga. O material ilícito foi localizado com o apoio da Companhia de Policiamento com Cães (CPCaẽs), da PMCE.

Além do entorpecente, também foi apreendido 13 cartões de crédito, uma embaladora a vácuo, dois cilindros para mergulho, um tanque de combustível, um caderno com anotações, um notebook, dois aparelhos celulares, uma caminhonete, um reboque e um bote com motor.

Segundo o tenente Joaquim Medeiros, a droga "estava acondicionada para transporte". Portanto, não se sabe ainda se estava chegando ao Ceará ou saindo do Estado. Também não se sabe o trajeto marítimo dos entorpecentes, apenas que eles passaram um período escondidos submersos.

Apesar das características dessa ocorrência ser típica do modus operandi de inserção da droga no compartimento de casco de navios com destino ao exterior, configurando o tráfico internacional de drogas, o material foi encaminhado para a Delegacia Metropolitana de Caucaia e, após os procedimentos, encaminhado para a Delegacia de Narcóticos (Denarc), unidade especializada da PCCE.

Os dois foram autuados por tráfico e associação para o tráfico de drogas e entregues à disposição do Poder Judiciário. Segundo a Polícia, Luan é um mergulhador ligado a facção Primeiro Comando da Capital (PCC) e é investigado em ações semelhantes, envolvendo embarcações, fora do Ceará. Ele possui passagens por tráfico e acondicionamento de drogas. Já a mulher não tinha histórico de crimes e informou que veio para o Ceará apenas para ficar no imóvel.

Rota do Tráfico de Drogas

A localização do litoral cearense é motivo de preocupação para as autoridades de segurança devido à proximidade com a Europa e com os Estados Unidos. "Possivelmente, somos, sim, um mercado consumidor e exportador de drogas. Daí se compreende, com a análise do que foi apreendido, o interesse de grupos criminosos com o nosso litoral", comentou o coronel Kilderlan Nascimento, comandante, coordenador geral de operações da Polícia Militar do Ceará.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.   

* Texto: O texto deste artigo relata acontecimentos, baseado em fatos obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis e dados observados ou verificados diretamente junto a colaboradores.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e adicionado o link do artigo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.