Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

1

TAVA NA CONDICIONAL, TÁ PRESO


SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA / GUARDA PORTUÁRIA






No último dia 11, o guarda portuário Rodrigo Benício estava de serviço no Posto Fiscal n º 03 quando foi informado por um transeunte que um homem trajando camisa vermelha estava arrastando uma mulher à força em direção ao local conhecido como “Praça da Fome”.
Recebida a informação, Benício informou o CCOS – Centro de Controle de Operações e Serviços, que começou a monitorar pelas câmeras aquele local e acionou as rondas, para ali se dirigirem.
Em diligências realizadas pelas rondas na área informada, os guardas portuários Ferreira, Moisés, Rômulo e Bastos detiveram um elemento, identificado como Paulo Faustino, que arrastava uma jovem, menor de idade, junto aos trilhos da linha ferroviária, próximo ao Armazém I.
Como a jovem estava sendo levada pelo elemento contra a sua vontade e tinha vários hematomas e um corte nos lábios, as partes foram conduzidas ao 1º Distrito Policial e apresentadas à autoridade de plantão, Dra. Edna Pacheco F. Garcia, que autuou Faustino por LCD – Lesão Corporal Dolosa.
Segundo os guardas portuários Ferreira e Moisés, como Faustino estava no regime condicional, tendo cumprido três anos de pena por Roubo (artigo 157), ficou preso e encaminhado à carceragem.
Faustino tinha tatuado na perna direita a figura de um palhaço, marca feita nos presídios para identificar “matador de polícia”.
Enquanto estavam no plantão, ali compareceu o pai da adolescente se queixando que aquele elemento tinha sequestrado e mantido em cárcere privado a sua filha de 16 anos.
Por Carlos Carvalhal

Um comentário:

LEGISLAÇÕES