Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

1

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPARÁ DA SEGURANÇA DOS GRANDES EVENTOS


 
SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA / GRANDES EVENTOS
 
I CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE SEGURANÇA PARA GRANDES EVENTOS
 
 

Parece que o Estudo de Viabilidade Técnica da Celebração do Convênio da Guarda Portuària para ter acesso ao Infoseg, que foi protocolado na Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) e na Secretaria Extraordinária para Segurança de Grandes Eventos (SESGE) começa a surtir resultado.
 
O Superintendente da Guarda Portuária de Santos, Ézio Ricardo Borghetti e o Gerente de ISPS Code Orlando Alves dos Santos, participaram de quarta (07/11) até hoje (09/11), da I Conferência Internacional de Segurança Para Grandes Eventos
 
O evento aconteceu em Brasília, no Auditório da Procuradoria Geral da República, com a participação de cerca de 350 profissionais e gestores de segurança pública de 31 países e de diversos estados brasileiros. A abertura do evento contou com a presença dos ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, e do Esporte, Aldo Rebelo.
 
 
 

O objetivo da Conferência foi apresentar o andamento da preparação de segurança do Brasil e promover o compartilhamento de informações e de experiências, tanto nacionais quanto de países que já sediaram (ou estão em preparação para receber) eventos de larga escala.

A programação incluiu palestras com especialistas estrangeiros, que abordaram temas como “A experiência britânica nos Jogos Olímpicos de Paralímpicos 2012″; “Grandes Eventos Esportivos: um desafio nacional de segurança”; “A experiência canadense nas Olimpíadas de Inverno 2010″; “A preparação da Rússia para a Copa do Mundo 2018″; “A experiência espanhola na Jornada Mundial da Juventude de 2011″ e “O país-sede como potencial alvo de ações criminosas”.

A conferência foi realizada pela a Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (Sesge), criada em 2011 no âmbito do Ministério da Justiça para gerenciar as ações de segurança dos mega-eventos que o Brasil vai sediar até 2016.

A preparação de segurança do Brasil para receber os grandes eventos vai gerar um legado de integração, aprendizado com experiências internacionais e inteligência policial. Essa foi a avaliação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, durante a abertura da I Conferência Internacional de Segurança para Grandes Eventos.
 
 
 


“É por meio das relações internacionais que temos condições de construir uma política de segurança pública que nos permita não somente realizar eventos seguros, mas deixar um legado capaz de caracterizar, nos próximos anos, uma mudança de paradigma para a conduta de agentes públicos em todo o território nacional”, avaliou o ministro.

Cardozo também abordou as questões de cooperação internacional relacionadas à segurança de grandes eventos. Ele ressaltou que, na atualidade, com a revolução da tecnologia e das comunicações e a globalização, os crimes e a metodologia adotada pelos criminosos são bem diferentes do cenário de 1950, ano em que o Brasil sediou pela primeira vez a Copa do Mundo.

Integração de conhecimentos - No evento, todas as 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 estão representadas, além dos estados de Alagoas, Maranhão, Paraíba, Pará, Santa Catarina e Sergipe. Houve a apresentação de experiências de segurança em grandes eventos, como a do estado do Rio de Janeiro, que foi apresentada pelo subsecretário extraordinário de Grandes Eventos, da Secretaria de Estado de Segurança, Roberto Alzir Dias Chaves.

A expertise de outros países com segurança para grandes eventos também foi apresentada. Da Inglaterra, as experiências nos jogos paraolímpicos, com palestra ministrada pelo oficial sênior da Polícia Metropolitana de Londres, Christopher John Allison. De Canadá, o superintendente da Real Polícia Montada Canadense, Kevin de Bruyckere, apresentará “A experiência canadense nas Olimpíadas de Inverno 2010″.

Também houve palestras sobre a experiência espanhola, com o chefe da brigada central de escoltas do corpo nacional de polícia, Juan Francisco Espinazo Molina, falando sobre a preparação e a atuação dos espanhóis durante para a Jornada Mundial da Juventude de 2011.

Houve ainda a palestra “Grandes Eventos Esportivos: um desafio nacional de segurança”, apresentada pelo presidente da International Centre for Sport Security (ICCS), Mohamed Hanzab. O ICCS é uma organização sem fins lucrativos que mantém um centro internacional com sede em Doha, no Qatar, com atuação na área esportiva em segurança e risco, investigação, formação e aquisição de conhecimentos e integridade do esporte.

Gestores de segurança brasileiros que estão atuando nos preparativos para os grandes eventos também participaram como conferencistas. O titular da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério de Justiça (Sesge/MJ), Valdinho Caetano, abordou “A Estratégia da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos para a segurança da Copa do Mundo Fifa 2014”.

PROGRAMAÇÃO DA CONFERÊNCIA

 
07 de novembro

 
Horário: 19h às 19h30

Tema: Boas vindas

Palestrante: VALDINHO JACINTO CAETANO

Horário: 19h30 às 20h

Tema: A preparação do Brasil para os grandes eventos desportivos

Palestrante: ALDO REBELO

Horário: 20h às 20h30

Tema: A importância da cooperação internacional para a segurança de grandes eventos

Palestrante: JOSÉ EDUARDO CARDOZO

Horário: 20h30 às 21h30

Coquetel de Confraternização


08 de novembro

 
Horário: 09h às 10h

Tema: A estratégia da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos para

a segurança da Copa do Mundo FIFA 2014

Palestrante: VALDINHO JACINTO CAETANO

Horário: 10h às 11h

Tema: A segurança privada nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016

Palestrante: LUIZ FERNANDO CORRÊA

Horário: 11h às 12h

Tema: A segurança dos estádios durante a Copa do Mundo FIFA 2014

Palestrante: JOSÉ HILÁRIO MEDEIROS

Horário: 12h às 14h00

Almoço

Horário: 14h às 15h

Tema: A experiência britânica nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2012

Palestrante: CHRISTOPHER JOHN ALLISON

Horário: 15h às 15h30

Tema: O controle da segurança privada durante os grandes eventos

Palestrante: CLYTON EUSTÁQUIO XAVIER

Horário: 15h30 às 16h30

Tema: O Rio de Janeiro como palco dos grandes eventos no Brasil

Palestrante: ROBERTO ALZIR DIAS CHAVES

Horário: 16h30 às 17h

Coffee break

Horário: 17h às 18h

Tema: Grandes Eventos Esportivos: um desafio nacional de segurança

Palestrante: MOHAMMED HANZAB - International Centre for Sport Security

 
09 de novembro

Horário: 09h às 10h

Tema: A experiência canadense nas Olimpíadas de Inverno 2010

Palestrante: KEVIN DE BRUYCKERE

Horário: 10h às 11h

Tema: O planejamento de operações para a Copa do Mundo FIFA 2014

Palestrante: LUIZ CARLOS DE CARVALHO CRUZ

Horário: 11h às 12h

Tema: A preparação da Rússia para a Copa do Mundo FIFA 2018

Palestrante: VLADIMIR KARIAKIN

Horário: 12h às 14h

Almoço


Horário: 14h às 14h30

Tema: O papel das Forças Armadas no apoio à segurança dos grandes eventos

Palestrante: JAMIL MEGID

Horário: 15h às 15h45

Tema: A experiência espanhola na Jornada Mundial da Juventude de 2011

Palestrante: JUAN FRANCISCO ESPINAZO MOLINA

Horário: 15h45 às 16h45

Painel: O país sede como potencial alvo de ações criminosas

Painelista: DAVID NELSON

Painelista: HEINZ-WERNER APING

- 16h45 às 17h15

Coffee break

Horário: 17h15 às 18h00

Tema: Próximos passos na preparação brasileira

Palestrante: VALDINHO JACINTO CAETANO

 

Fonte: Ministério da Justiça
 
 
 

Um comentário:

  1. BLABLABA E BLABABA É O QUE ESTOU CANSADO DE OUVIR FIZEMOS UM CONCURSO CHAROPE EM 2010 PARA A GUUARDA PORTUARIA DO RJ, ONDE FORAM APROVADOS APROXIMADAMENTE 5.000 CANDIDATOS, EU SOU UM DELES. O EDITAL DIZIA NA EPOCA 54 VAGAS INICIAL E RESTANTE CADASTRO DE RESERVA, E VERGONHOSAMENTE ATÉ HOJE SÓ CONVOCARAM 8. CADE A CONVOCAÇÃO DOS CONCURSADOS.ESTUDAMOS ATÉ VIRAR A NOITE E MADRUGADA A FORA,PAGAMOS A TAXA DE INSCRIÇÃO SOMENTE PARA ENCHER BOLSO DE ALGUNS VIGARISTAS. DEVERIA EXISTIR UMA LEI ESPECÍFICA PARA ISSO. O LADRÃO QUANDO ROUBA E VAI PRESO, CUMPRE PENA E RESPONDE PELOS SEUS ATOS. NESTE CASO FICA UMA PERGUNTA, QUEM RESPONDE POR ISSO?

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES