Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

sábado, 24 de novembro de 2012

0

POLÍCIA ENCONTRA DROGAS E ARMAS EM SINDICATOS PORTUÁRIOS



 SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA / POLÍCIA CIVIL




  
Na tarde desta quinta-feira, 22, a Polícia Civil realizou uma megaoperação na região portuária do Rio Grande. A ação foi batizada como Operação Pandora. Foram utilizados 100 policiais civis de diversas localidades da região Sul e cinco delegados, sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão em dois sindicatos locais, Sindicato dos Estivadores do Rio Grande e Sindicato dos Arrumadores do Rio Grande e São José do Norte.

A operação foi realizada pela Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas - DEFREC, e coordenada pelo delegado Ronaldo Vladimir Coelho. A ação também contou com a participação de mais quatro delegados, policiais civis de todas as delegacias da cidade e mais o reforço de agentes dos municípios de Pelotas, Camaquã e Bagé, contabilizando ao todo 100 policiais civis e mais de 20 viaturas.

Segundo o delegado Ronaldo, a operação teve como objetivo localizar armas e drogas nas instalações dos sindicatos, bem como nos armários dos funcionários.

O delegado relatou que as investigações que culminaram nesta operação, realizada nos dois sindicatos, tiveram início há cerca de dois anos. Neste período, os agentes da DEFREC passaram a colher evidências e provas que ligassem e comprovassem a venda e circulação de drogas em ambas as associações.

Com base nas provas obtidas, foi solicitado ao Poder Judiciário, mandados para os dois sindicatos.
No início da tarde de quinta-feira, 22, distribuídos em equipes, sendo cada unidade coordenada por um delegado, os agentes seguiram para as dependências das associações.

Dando início a operação, os policiais passaram a abrir todos os armários encontrados nos dois sindicatos. Durante a ação, os agentes encontraram cinco revólveres de vários calibres, farta munição para as armas, e munição calibre 44 e 45 restritas de uso militar, duas balanças de precisão, 2,8 quilos de maconha, distribuídas em vários tijolos de diversos tamanhos e pesos, 2,250 quilos de cocaína e 3,5 gramas de crack. "Consideramos o resultado obtido na ação satisfatório, pois o Estado se fez presente em um local que a população sempre achou que era intocável", salientou o delegado Ronaldo.
O delegado também informou que apenas um homem foi preso em flagrante, A.F.P., de 67 anos. Em seu armário foram encontrados R$ 7 mil e 497 gramas de maconha.

Além das drogas e das armas, os agentes também apreenderam dois computadores, um de cada associação, que possuem imagens que serão analisadas.
Para finalizar, o delegado informou que os dois presidentes dos sindicatos deverão comparecer na DEFREC, para prestarem depoimento.

Fonte: Jornal Agora - RS


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES