Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

10

GUARDA QUER ACABAR COM A GUARDA PORTUÁRIA


SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA / GUARDA PORTUÁRIA



 

Se já não bastasse a intenção da Secretaria de Portos – SEP de querer acabar com a guarda, agora é o Gerente de Segurança – GERSEG, da Companhia Docas do Pará – CDP, que não se sabe por que interesse, age de encontro a sua própria categoria.
 
Alguns se esquecem de que não são gerentes e sim “estão gerentes” e mais cedo ou mais tarde, ele deixa de ser gerente.
 
Fim da função de inspetor
 
No último dia 14/12, ele determinou que os inspetores da Guarda Portuária passassem a exercer somente atividades administrativas, deixando a função que legalmente lhes pertence a cargo dos guardas escalados como condutores das viaturas.
 
A medida foi tomada pelo gerente Gilson André Ferreira da Silva (foto), que afirma estar cumprindo o que determina o Regulamento da Guarda Portuária da CDP, feito exclusivamente por ele mesmo.
 
Os inspetores passaram a ser escalados e a ficarem confinados, até dois por turno de serviço, na sala de supervisão de segurança do Porto de Belém, de onde, obrigatoriamente, não tem mais responsabilidade alguma com a guarnição de serviço nos portos de Belém e terminais de Miramar e Outeiro.
 
Eles não fazem mais ronda, não utilizam mais rádios VHF e nem atendem ocorrências relativas à Segurança Portuária. Tudo agora fica a cargo dos guardas.
 
Desvio de função
 
Impressiona quem gerencia a segurança no Pará, se já não bastasse os guardas realizando a função de conferente, agora eles realizam a função dos inspetores, caracterizando mais uma vez o desvio de função, gerando mais passivo trabalhista à CDP.
 
No primeiro semestre, a CDP pagou, ou foi sentenciada à pagar, algo em torno de cinco milhões por conta das centenas de ações trabalhistas


O caos se instalou na CDP

O Portão 15 foi fechado definitivamente pelo GERSEG no último dia 13/12. O acesso de pedestres foi transferido para o portão 17, no entanto, como nesse portão é proibida a passagem de pedestres, as pessoas correm um sério risco de serem atropeladas, pois o trânsito de veículos com contêiner é intenso.

Mesmo com o fluxo de pessoas acessando esse portão, ninguém foi escalado para fazer o controle de acesso de pedestres, comprometendo toda a segurança do porto. Além do mais, o cadastro foi suprimido deste portão, que foi absurdamente transferido absurdamente para o Portão do Pátio, ocasionando filas todos os dias.
 
Reaje Pará
 
Em Santos, quando o ex-presidente José Carlos do Melo Rêgo, com a complacência de alguns integrantes da Guarda, quis terceirizá-la, a categoria reagiu com um movimento intitulado “Guarda Portuária Sim , Terceirização Não”, e conseguiu numa audiência pública na Câmara Municipal de Santos, reverter esta intenção.
 
Posteriormente, quando o ex-superintendente da Guarda Cid Pereira Santos, apoiado por um inspetor da própria categoria, quis entregar o setor de trânsito da Guarda Portuária para a Polícia Militar, todos se uniram e fecharam o portão do prédio da Presidência da Codesp e ali realizaram o enterro simbólico dele e do seu assessor, conseguindo então reverter este quadro, no movimento que foi intitulado “O Trânsito é Nosso”.
 
Mais recentemente, o “todo poderoso” ex-superintendente da Guarda, Celso Simonetti Trench Júnior, que em Santa Catarina ficou conhecido como “O Boçal”, apoiado por um inspetor que o assessorava, acabou com as Sub-sedes da margem direita do porto, três no total, confinou os inspetores no CCOS/CCCOM, mudou o uniforme deles, e cada vez que eles saíssem para rondar, eles eram monitorados eletronicamente.  A categoria não se sujeitou a isto, e depois que os inspetores deixaram de ir trabalhar e os guardas deixaram de dirigir as viaturas, por uma semana, ele teve que, a pedido do presidente da empresa, voltar atrás, sendo alguns meses após, foi substituído e posteriormente exonerado, num movimento que ficou conhecido como “O Dia do Jaleco”.
 
A ditadura no Brasil acabou!!! Ou não? Quando o Sindicato da Guarda Portuária – SINDIGUAPOR e o Sindicatos dos Portuários – SINDIPORTO, vão reagir? Reaje Pará!!!
 
 
 
 
 

10 comentários:

  1. Esse Gerente, tal de gilson, não vale nada, tem o passado sujo, já roubou dinheiro dos companheiros de serviço quando exercia a função de guarda portuário, responde até processo criminal no Tribunal de Justiça do Estado do Pará por ter roubado uma moto de uma funcionária da SEFA, isso não vale o que o gato enterra.

    ResponderExcluir
  2. ESSA É A MAIS TRISTE REALIDADE HOJE E O CENÁRIO HISTÓRICO MAIS VERGONHOSO E DESESTRUTURADO EM QUE A GUARDA PORTUÁRIA DA CDP ESTA MERGULHADA.
    UM GERENTE DE SEGURANÇA TOTALMENTE ENRAIVECIDO E DESQUALIFICADO, LESANDO A ADMINISTRAÇÃO PUBLICA COM SEUS ATOS E MEDIDAS DESCABIDAS E, PASMACEIRAMENTE, ACABANDO E FAZENDO ACABAR COM UMA CATEGORIA PROFISSIONAL DA QUAL ESTE JÁ DEVERIA TER SIDO EXECRADO A MUITO TEMPO, A BEM DO SERVIOÇO PÚBLICO.
    NÃO TAO DIFERENTES DESSE SÃO TODOS AQUELES QUE ENALTECEM SEU TRABALHO, O TEM COMO REFERENCIA, O BAJULAM E O TEM POR LAÇOS DE AMIZADE.

    AVANTE SINDGUAPOR, AVANTE!
    AVANTE SINDIPORTO, AVANTE!

    ResponderExcluir
  3. foi substituído e posteriormente exonerado, num movimento que ficou conhecido como “O Dia do Jaleco”.
    ele foi exonerado por isso????????? tem algumas inverdades ai
    e porque vcs continuam usando farda e não o jaleco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele foi exonerado em virtude de várias atitudes que ele tomou. Depois desse movimento, apoiado pelo sindicato, a CODESP tomou ciência que ele não tinha mais o comando.

      Excluir
  4. e é claro que os comentarios não serão aprovados, vcs somente publicam o que lhes convém, muitas verdades estão deixando de ser publicadas neste blog, porque ninguem fala das mafias.......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui não temos nada a esconder e publicamos todos os comentários coerentes e não apenas o que convém.
      Se você tem alguma verdade para ser publicada envie o texto,e se identifique que eu publico.
      Se você tem conhecimento de alguma mafia, divulgue aqui, este blog está aberto a qualquer informação referente a Segurança Portuária.

      Excluir
  5. Não sei porque ainda temos que olhar a cara dessa canalha toda vez que acessamos algum conteúdo interessante desse site, esse pilantra não merece todo esse destaque. Precisamos é excluir da guarda portuária pessoas sem escrúpulos desse nível. O que nos conforta é que a hora dele vai chegar, esse presidente da CDP não vai durar pra sempre no cargo.

    ResponderExcluir
  6. FOI EXONERADO A BEM DO SERVIÇO PÚBLICO EM 05/04/2013. EXONERAÇÃO DECIDIDA EM REUNIÃO DIREX DA CDP DE 27/03/2013, EM DECISÃO UNÂNIME DE DIRETORIA COM PROPOSIÇÃO DE ABERTURA IMEDIATA DE PROCESSO ADMINISTRATIVO DISCIPLINAR EM RITO SUMÁRIO (TRINTA DIAS).

    ResponderExcluir
  7. UMA VERGONHA,VERGONHA , VERGONHA SOU UM DOS APROVADOS DA GUARDA PORTUAIA CONCURSO 2010 SÓ CHAMARAM 8 DURANTE, ESTE PERIODO ATE HOJE SO BLA, BLA, BLA,DEVERIA DEVOLVER O DINHEIRO DO POVO QUE PAGOU A INSCRIÇÃO FICOU ATE 3 HORA DA MADRUGADA ESTUDANDO E NO FINAL FICOU CHUPANDO DEDO. A DEFESA DO CONSUMIDOR ESTABELECE QUE QUANDO VC COMPRA UM PRODUTO OU PAGA POR ALGUM SERVIÇO A GARANTIA DEVERA SER CUMPRIDA. E O NÃO CUMPRIMENTO COM OS CONCURSADOS, QUAIS SÃO AS GARANTIAS? DEVERIAM PRENDER OS ELABOLADORES DE CONCUSSOS, 171 ISSO JÁ PASSOU DOS LIMITES O POVO NÃO AGUENTA MAIS E AINDA QUEREM ACABAR COM A CATEGORIA!

    ResponderExcluir
  8. Nunca se engana os conpanheiros por muito tenpo a verdade aparesse

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES