Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

0

GUARDA PORTUÁRIA FLAGRA CAMINHONEIRO ADULTERANDO PLACA DE CAMINHÃO



Nesta data, o Superintendente da Guarda Portuária do Porto de Santos, Ézio Ricardo Borghetti, liberou as imagens das câmeras do Centro de Controle de Comunicação e Monitoramento (CCCOM), que no  dia 31 de outubro flagraram um caminhoneiro adulterando a placa do seu caminhão.





Por volta das 00H25min, o guarda portuário Rogers Germano, de serviço no CCCOM, ao monitorar o trânsito de veículos na Avenida Eduardo P. Guinle, observou um motorista de caminhão adulterando a placa do seu veículo utilizando pasta de dente.

Ao constatar a infração, foi dada ciência ao Inspetor / Supervisor de Segurança Carlos Carvalhal, de plantão no CCCOM que de imediato solicitou para comparecer no local os guardas portuários Murilo, Nilvandro e Rafael das Rondas Ostensivas Com o Apoio de Motos do Policiamento (ROCAM-POLICIAMENTO), que abordaram o veículo.
A abordagem do veículo pela equipe ROCAM






 


Após a abordagem foi constatado que a placa traseira do veículo original era EJV 6856 e foi adulterada para BUV 8858 e o motorista confessou que tinha sido ele o autor da infração.

Em seguida compareceram no local os guardas portuários João Paulo e Marlon da Ronda do Trânsito (ROTRAN I) e o Inspetor Julio César, juntamente com o guarda portuário Everton, da Ronda Setorial I, que encaminharam o infrator ao 1º Distrito Policial, onde foram apresentados ao Delegado Dr. Otávio Augusto.

No Distrito, o motorista Wilson dos Santos confessou a prática delituosa, justificando que procedera de tal forma para evitar a lavratura de eventual infração de trânsito e também para poder trafegar em local proibido, frustrando a lavratura da multa correspondente.

Diante das evidências do crime, o infrator foi preso em flagrante por adulteração de sinal identificador de veículo automotor (art.311) consumado, espécie fé pública (art.289 a 311).

A autoridade policial requisitou o exame pericial do veículo, que foi preservado pela equipe ROCAM, no próprio local da abordagem.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES