Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

8

O PRESIDENTE E SEUS HOMENS III


O guarda portuário e Diretor do Sintac-Laguna foi exonerado após ter feito várias denúncias de irregularidade no Porto de Laguna e agora luta na justiça para ser reintegrado na empresa




 
Após muitas denúncias contra os HOMENS DO PRESIDENTE da Companhia Docas do Estado de são Paulo – CODESP, tais como: autoritarismo, corrupção por parte dos gestores do Porto de Laguna (indicados pela CODESP), assédio moral, quando da realização de sindicância, os quais ostentavam armas de fogo, e quando da oitiva dos funcionários, deixavam visivelmente a arma, em verdadeiro ato de intimidação e poder.

Denúncias também em relação à contratação de profissionais liberais sem licitação e para exercer atividades fins da empresa, contratação de amigos e parentes nas empresas terceirizadas.  Além da terceirização da Guarda Portuária, através da contratação de empresa de vigilância, mascarando o concurso público, que foi realizado apenas em 1979 no Porto de Laguna. É importante ressaltar ainda, que a CODESP conta apenas com quatro funcionários concursados no Porto de Laguna, ou seja, mais de 95% são trabalhadores terceirizados, exercendo, portanto, atividades fins da empresa.

Como não bastassem essas irregularidades, a contratação destas empresas terceirizadas não obedeceu aos ditames legais (Lei 8.666/93). Portanto, resta claro a irregularidade tanto na prestação desses serviços (terceirização ilícita) quanto no que tange a contratação.
 
Leia Também:

O que causa mais perplexidade é que todos os anos a CODESP mandava seus funcionários de Santos ao Porto de Laguna para realizarem auditoria. Contudo, nada foi constado pelos mesmos nas contas do Porto de Laguna e nas Contratações, ou se encontraram, nada foi feito.

Pois bem, diante de todas essas denúncias a CODESP resolveu mais uma vez demitir este guerreiro. Digo mais uma vez, porque, em 2002, a empresa também me demitiu. Naquela época, a demissão se deu em virtude de denúncias acerca das indicações políticas para cargos de confiança, os quais não eram obedecidas às próprias normas da empresa. Isto porque, na administração do Porto de Laguna existem três cargos de direção.

Desta forma, somente um destes cargos poderia ser por indicação política, os outros dois devem ser preenchidos por funcionários da empresa (de carreira), o que não acontece, vez que todos os três cargos são preenchidos por indicação polícia. Da demissão em 2002, o retorno às funções deste guerreiro se deu após sete meses da rescisão arbitrária, por ordem judicial.

Porém, se perguntarem se valeu a pena esta luta, eu responderei que sim! Valeu todo o sofrimento de meus familiares, dos funcionários, dos amigos que acompanharam a luta, pois a CODESP, desta vez, conseguiu, através de auditoria e sindicância, provar que as denúncias deste guerreiro tinham fundamento e demitiu todos que ocupavam os cargos de confiança na administração do Porto de Laguna.

Os HOMENS DO PRESIDENTE anunciaram, inclusive, que finalmente teremos concurso público – depois de mais de trinta anos sem concurso - no Porto de Laguna (ALELUIA), investimentos na dragagem da bacia de evolução do Porto de Laguna que há muito tempo já vimos solicitado, através do INFOPORTO (informativo dos portuários de Laguna).

Ainda faltam muitas coisas a serem consertadas, mas vamos dar um voto de confiança aos HOMENS DO PRESIDENE, pois, desta vez, estão no caminho certo. Convém lembrar, que, por esses dias, teremos a indicação de nomes políticos para ocuparem os cargos de confiança da administração do Porto de Laguna e, segundo os HOMENS do PRESIDENTE, a CODESP terá dois funcionários de carreira e apenas um nomeado por indicação, conforme dispõe o regimento da empresa. Faz-se importante ressaltar que será uma luta árdua para a presidência da CODESP, pois sabemos que, também no Porto de Santos, ocorrem as indicações políticas.

Esperamos, sinceramente, que a Presidência vença esta batalha no que diz respeito ao Porto de Laguna e terá nosso total apoio, mesmo que não consiga a vitória almejada, mas valerá a luta, vez que assim a CODESP estará devolvendo a dignidade, através de concurso público a maioria dos nossos jovens que esperam esta oportunidade, acabará também com a farra da terceirização que traz inúmeros prejuízos para o trabalhador que acaba ganhando bem menos que o funcionário da empresa pelos mesmos serviços desempenhados e acabará com o favorecimento de amigos e parentes de políticos na área portuária. Seria um bom exemplo para todos os portos do país e certamente teria o apoio de todos os Portuários do Brasil.

Concurso público é o caminho para mão de obra especializada e crescimento DOS PORTOS BRASILEIROS.

Leia ainda:

PORTO ADMINISTRADO PELA CODESP É ALVO DE DENÚNCIA DE SUPERFATURAMENTO


Texto de: Lúcio Ricardo Natal – Diretor do Sintac-Laguna
 
 
 
 
 
 

8 comentários:

  1. EIS AÍ UM LEGITIMO GUARDA PORTUÁRIO, QUE DIGNIFICA E HONRA A CATEGORIA.

    ATT

    CILENO BORGES

    ResponderExcluir
  2. O sintac esta na luta, sou assossiado do sindicato e sei da luta
    de toda a categoria.pela manutenção de nosso servico,não podemos
    ficar parados.

    AVANTE PORTO DE LAGUNA.

    ResponderExcluir
  3. Sabemos do enorme empenho desse guerreiro que muito luta pela classe dos portuários, Parabéns Lucio, os Portos do Pais precisam de vários Lúcios para garantirem a idoneidade, e o bom uso do dinheiro publico, para que o Brasil Não pare no tempo e siga crescendo, PORQUE SÓ QUEM LUTA CONQUISTA.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela luta e bravura com qual defende nossa classe e principalmente por não ter se deixado calar diante de tantas irregularidades cometidas. São pessoas assim que fazem a diferença!

    ResponderExcluir
  5. É meu companheiro, a sua exoneração só prova que nesse país os corruptos permanecem em cargos que ganharam de amigos políticos e os valentes sofrem.
    Onde já se viu um funcionário concursado, dirigente sindical ser demitido sem justa causa, sem prova alguma.
    Isso é um absurdo!
    Parabéns companheiro, és um verdadeiro guerreiro que enfrentou sozinho toda essa podridão com coragem, sem se deixar corromper.

    ResponderExcluir
  6. Esse é o verdadeiro sindicalista que esta sempre a frente da nossa classe lutando por nossos direitos. Sou trabalhador portuário e acompanho a luta incansável deste homem que nao mede esforços para nos representar.

    Alex

    ResponderExcluir
  7. É muito importante saber que ainda existe alguém que se importe com o trabalhador, que lute com ele. Pois sem nosso presidente LUCIO RICARDO NATAL, estaríamos a mínguas... Continue com seu empenho e destreza em lutas tão árduas e por ti vencidas! Muito Obrigado

    ResponderExcluir
  8. Sou esposa do Lúcio e sei do que ele passou em luta
    da classe Portuária, acompanhei o seu sofrimento e a
    sua luta.
    Agradeço a DEUS todos os dias da minha vida por ter
    um companheiro íntegro e fiel aos seus ideais.

    Maria Aparecida Lopes Natal
    Parabéns meu esposo.
    Eu sei que jamais calarão a tua VOZ

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES