Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

1

EX-MANDATÁRIO DA CODESP VAI PARA A CADEIA





Padrinho político da Codesp, Ele nomeou e demitiu; apadrinhou e derrubou; fez, desfez, mandou atracar e desatracar a qualquer hora do dia ou da noite. Há quem diga que ordenou licitações, concessões, aditamentos, arrendamentos e etc. Gritou e afagou, colecionando amigos e desafetos. E finalmente sai de cena.

Isto porque, nesta quinta-feira o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, decretou a prisão de mais quatro condenados no processo do mensalão, entre eles o deputado e um dos principais padrinhos políticos da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), Valdemar Costa Neto (PR-SP). Os demais condenados são os ex-deputados Bispo Rodrigues (PL-RJ) e Pedro Corrêa (PP-PE) e o ex-dirigente do Banco Rural Vinícius Samarane.

Após tomar conhecimento da decisão, Costa Neto renunciou ao mandato de deputado federal e em seguida se apresentou no Complexo Penitenciário da Papuda, onde cumprirá sua pena no regime semiaberto. O ex-diretor da estatal portuária foi condenado a 7 anos e 10 meses e ao pagamento de multa no valor de R$ 1,08 milhão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Costa Neto, ainda no antigo Partido Liberal (PL), indicou o ex-presidente da Codesp José Carlos do Mello Rego (aquele que queria terceirizar a Guarda Portuária) e o ex-presidente do Conselho Fiscal da empresa, Paulo Vieira, apontado como chefe da quadrilha desmantelada no final de 2012 pela Operação Porto Seguro, da Polícia Federal.

Mais conhecido como "Boy" pelos corredores da Autoridade Portuária de Santos, o agora condenado Costa Neto também foi o responsável pela nomeação do ex-superintendente jurídico da Codesp, Manuel Luís, desligado recentemente da estatal, entre outros gafanhotos que ainda habitam as dependências da Rodrigues Alves s/nº.Costa Neto, vai para a cadeia.

 

Fonte: Artigo publicado no Site do Sindaport
 
 
 
 
 
 
 

Um comentário:

  1. é tem ainda muito mais apadrinhados na
    CODESP como voce mesmo ja disse
    ainda bem que o MINISTRO ja esta
    colocando muinta gente BOA DE CADEIA
    na cadeia e pode sair mais conhecidos do
    meio PORTUARIO.DO BRASIL.

    ATT, Lúcio.

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES