Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

0

POLÍCIA FEDERAL PRENDE TRAFICANTES DE ARMAS QUE UTILIZAVAM O PORTO DE SANTOS





A Polícia Federal desmantelou uma quadrilha que traficava armas através do Porto de Santos. As armas eram compradas legalmente em Miami, nos Estados Unidos e embarcadas para o Brasil.

A base da quadrilha funcionava na cidade de Engenheiro Caldas-MG, onde boa parte da população já morou nos Estados Unidos.


 Vicente de Paulo Vieira e seu filho Marco Vieira 

Vicente de Paula Vieira é apontado como o chefe da quadrilha. Ele e o filho, Marco Vieira iam diversas vezes por ano ao exterior.


 Sergio Vieira de Carvalho e Moisés Vieira

Sergio Vieira de Carvalho e Moisés Nogueira, outros integrantes da quadrilha, eram os responsáveis de comprar as armas legalmente em Miami, depois procuravam famílias de mudança para o Brasil com todos os móveis e davam um jeito de rechear os colchões com armas pesadas.


 Carioca era o responsável de retirar as armas do Porto de Santos

Era assim que fuzis e metralhadoras chegavam ao Porto de Santos. No porto, quem era responsável pelo recebimento da carga era Marcio de Souza Silva, conhecido como Carioca.

Segundo a investigação da Polícia Federal, carioca transportava as armas contrabandeadas em carros com fundo falso. Braz Clementino da Silva era o responsável pelo preparo desses compartimentos nos veículos.


 Braz preparava o fundo falso dos veículos

Esta quadrilha mineira pagava R$ 3.000,00 (três mil reais) por cada arma e as vendia por até R$ 30.000,00 (trinta mil reais). Os integrantes da quadrilha enriqueceram rapidamente sem trabalhar e bocavam banca naquela pequena cidade.

As armas depois de recebidas no Porto de Santos eram transportadas para a cidade de Engenheiro Caldas-MG e depois distribuídas para os traficantes das Comunidades da Rocinha e do Vidigal, no Rio de Janeiro-RJ.

Segundo um integrante da Polícia Militar do Rio, vários tipos de armas já foram apreendidos nas comunidades cariocas, tais como, FAL, Ruger Calibre 556, Pistola Ponto 30, Ak, HK.


Veja a reportagem completa exibida no programa Domingo Espetacular da Rede Record:









Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES