Postagem em destaque

LADRÃO DETIDO É ENCAMINHADO PELA GUARDA PORTUÁRIA AO DISTRITO

O filho da vítima, também caminhoneiro, com a ajuda de outros colegas, conseguiu deter o suspeito antes da chegada da Guarda Portuária...

sábado, 26 de abril de 2014

2

MPE VAI APURAR CONCURSO PÚBLICO DA GUARDA PORTUÁRIA NA CDP


Inquérito vai apurar concurso (Foto: Divulgação/MPE)


O Ministério Público do Pará (MPE), através da promotora de Justiça Maria da Penha de Mattos, da 4ª promotoria de Direitos Constitucionais Fundamentais, instaurou inquérito civil para apurar o concurso público da Companhia Docas do Pará (CDP) de 2012.

Em 2012, a companhia realizou dois distintos, para preencher vagas na sua estrutura funcional, um para o cargo de guarda portuário e outro para o provimento dos demais cargos do quadro de pessoal. No concurso destinado para guarda portuário, mesmo após um ano da aplicação da quinta etapa, não foi realizada a sexta e última etapa.

Muitos candidatos deixaram os outros empregos para poder se apresentar à aula inaugural do curso de habilitação ao cargo de guarda portuário. A última convocação da CDP, publicada no site da Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp), organizadora do concurso, data do dia 30 de agosto de 2013, mas até então não ocorreu.

Segundo o MPE, as atividades exercidas pela Guarda Portuária são de fundamental importância para o cumprimento dos objetivos do Plano Nacional de Segurança Pública Portuária, que tem por objetivo o de aperfeiçoar o sistema de segurança pública nos portos, terminais e vias navegáveis.

Dentre as atribuições destes cargos estão visar o combate ao narcotráfico e ao crime organizado nos portos, terminais e vias navegáveis, o controle de entrada e saída de armas no país, a repressão ao roubo/furto de cargas e a utilização do Subsistema de Inteligência de Segurança Pública.






2 comentários:

  1. ENQUANTO O MPE CONCLUI QUE as atividades exercidas pela Guarda Portuária são de fundamental importância, INFELIZMENTE, SEGUNDO COMENTÁRIOS GERAIS NO AMBITO DA CIA, EM UMA REUNIÃO COM MEMBROS DOS SINDICATOS, O ATUAL PRESIDENTE DA CIA TERIA AFIRMADO QUE QUALQUER UM FAZ O QUE UM GUARDA PORTUÁRIO FAZ, ATÉ MESMO UM SIMPLES MACACO.

    NÃO ENTENDO COMO NNGUÉM NESSA REUNIÃO SE INCMODOU COM ISSO, JÁ QUE TAL AFIRMAÇÃO SE REFERIU A TODOS OS PROFISSIONAIS NO BRASIL QUE EXERCEM ESSA
    A ATIVIDADE.

    ATT

    CILENO BORGES

    ResponderExcluir
  2. Seria orrivel se verdadeiro Pois vindo de uma autoridade Da Marinha que sabe a responsabilidade que um guarda portuário ostenta durante ô plantão de 12 horas muitas vezes cansativas pois muitas vezes na auzencia do foncionario que da entrada nas mercadorias ô guarda portuario se obriga a desvio de função pra fazer o serviço de outros.

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES