Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

terça-feira, 8 de abril de 2014

0

PORTO DE ITAJAÍ CAPACITA SERVIDORES PARA FISCALIZAR O TRANSPORTE DE PRODUTOS PERIGOSOS





No papel de agente fiscalizador das operações no Porto de Itajaí, conforme determina a Lei de Portos, a Autoridade Portuária capacita seus trabalhadores que atuam diretamente na operação e fiscalização de cargas.
A Superintendência do Porto de Itajaí, por meio de sua Gerência de Meio Ambiente, realiza de 07 a 11 de abril, um curso de capacitação de fiscalização no transporte de produtos perigosos. O público alvo é formado pelos servidores da Guarda Portuária, Gerência de Operações, Coordenadoria de Trânsito da Secretaria Municipal de Segurança de Itajaí (Codetran) e Defesa Civil.
O conteúdo abrange regulamentação de produtos perigosos, legislação, a exigência de documentos e certificados obrigatórios para motoristas e veículos utilizados no transporte de cargas para a atividade portuária e emergências com produtos perigosos.
“Essa capacitação é de grande importância para o Porto de Itajaí e para seus trabalhadores, porque aborda os procedimentos seguros na movimentação de cargas, a segurança do operador e também a qualidade dos serviços por nós oferecidos”, explica o diretor Executivo do porto, Heder Cassiano Moritz.
Já para a manhã de quarta-feira (09) está programada uma aula prática nos gates do Porto, com blitz educativa e de fiscalização. A ação será coordenada pela empresa Ecosorb Soluções em Proteção Ambiental e ocorrerá por meio de parceria com Codetran, Defesa Civil e órgãos ambientais (Famai e fatma).
A gerente de Meio Ambiente do Porto de Itajaí, Medelin Pitrez dos Santos, informa que esta é a primeira capacitação de um cronograma anual de que a Superintendência promoverá neste ano. As áreas a serem abordadas são relacionadas a segurança nas operações, brigada de emergência e também a realização de simulados de situações emergenciais que possam ocorrer durante a operação portuária – incêndio, explosão, vazamento de produtos químicos.

Fonte: Porto de Itajaí







Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES