Postagem em destaque

FISCALIZAÇÃO CONSTATA IRREGULARIDADES EM PORTO DO PARÁ

Essas fiscalizações ocorreram em virtude de denúncia de trabalhadores portuários que, sem representatividade de fato, buscaram por mei...

quarta-feira, 9 de julho de 2014

1

GUARDA PORTUÁRIA TEM NOVO PL SOBRE PORTE DE ARMA


Luta incansável de Arnaldo Faria de Sá pela Segurança dos Portos Brasileiros, ao lado do GP Vilmar


GUARDA PORTUÁRIA NÃO DESCANSA
Mais uma vez, com a articulação de Vilmar dos Santos e da, ainda, Associação dos Guardas Portuários do Rio de Janeiro (AGPERJ) junto com o Deputado Federal de São Paulo Arnaldo Faria de Sá – PTB/SP, um novo Projeto de Lei é iniciado na Câmara Federal em Brasília, sendo que agora o cerne do Projeto de Lei é a Guarda Portuária de todo o País.
A proposta do grupo a partir desse momento é fazer o que deveria ter sido feito anteriormente: Articulação na Casa Civil, no Ministério da Justiça, na Câmara e no Senado Federal.
Anteriormente, a AGPERJ marchou até a inclusão da GP no PL 6565/2013, cessando suas ações assim que o Líder do PT na Câmara declara que o Governo não tinha o compromisso de aprovar o texto em que incluía a Guarda Portuária naquele projeto.
A AGPERJ sempre esteve à frente de grandes projetos juntamente com diversos companheiros pelo Brasil, e entre as ações cito a Portaria 121/2009-SEP, a Inclusão da Guarda Portuária no CBO, inclusão da GP no programa do PRONASCI, PL 6565/2013, a inclusão da Guarda Portuária na Associação Internacional de Polícia/IPA, etc. Agora a nova direção da AGPERJ toma novo rumo na busca de mais representação, tornando-se uma frente de negociação legítima: Um SINDICATO.
Foram e-mails, sms, mensagens pelo facebok, etc., parabenizando a iniciativa da criação de um novo sindicato do Rio de Janeiro. Em Santos/SP, por exemplo, há quem diga que o impacto foi de grande positividade chegando às raias da grande maioria dos Guardas no apoio da iniciativa, igualmente podemos citar os colegas de Salvador/BA entre outros Estados da Federação.
“Agora sim começamos a trilhar o caminho certo, como no Rio de Janeiro foi criado o Sindicato da Guarda Portuária outros estados deveriam seguir este exemplo, agora realmente me sinto representado, parabéns aos verdadeiros Guardas Portuários”, disse Vilmar Soares dos Santos.
O tipo de gestão da Associação do Rio de Janeiro no momento toma forma. Com o foco em uma gestão de intermediações, nas soluções dos problemas internos e externos, Dejacy da Conceição lidera em tom harmônico, articulado e argumentativo, pois entende que o sindicalismo bruto ameaçador e ofensivo não cabe ha tempos nas mesas de negociações, afinal esta forma de conseguir as coisas devem, de certo, ficarem nos livros dos idos de 1970/80. Acredita ainda Dejacy da Conceição, que é muito mais produtivo conseguir soluções em conjunto do que apenas apontar dedos ou crucificar pessoas que cumprem o que o sistema dita.
Em fim, A AGPERJ convida a todos que queiram fazer parte desta luta, independente de bandeira partidária, a juntar-se em uma só força, pois o reconhecimento e o sucesso da Guarda Portuária dependem somente de nós.

* PL 7737/2014 

Texto: Marco Jamil









Um comentário:

  1. "É possível enganar todas as pessoas por algum tempo; você pode até enganar algumas pessoas o tempo todo; mas você não pode enganar todas as pessoas o tempo todo." Abraham Lincoln

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES