Postagem em destaque

TRAFICANTES ATIRAM CONTRA GUARDAS AO TENTAREM DESPACHAR 400 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE SANTOS

Ao fugir, caminhoneiro destruiu cancela de segurança, bateu em árvore, mas foi detido em flagrante com parte da droga Aproximadamen...

LEGISLAÇÕES

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

0

PORTO DE ITAJAÍ ABRE MÃO DE GUARDA NO MOLHE


Foto: Marcos Porto

O molhe de Itajaí já não tem mais segurança privada. O contrato com a empresa que fazia a guarda no local, em apoio à Guarda Portuária, terminou há pouco mais de um mês e o Porto de Itajaí, que é responsável pela estrutura, não fará uma nova contratação.
Desde então o molhe e a associação do porto, que também fica na Atalaia, têm a presença da Guarda Portuária apenas à noite e nos fins de semana.
A direção do porto afirma não ver problemas na redução da segurança ostensiva do molhe porque o local é monitorado por câmeras. Mas o espaço tem histórico de confusões, o que preocupa os frequentadores. Há poucos dias, inclusive, uma pessoa foi encontrada morta no local.
Com compromisso de reduzir pessoal como uma das medidas para equilibrar as contas, o porto tem déficit de guardas portuários – e não é de hoje. Porém, não há planos para novos concursos.
Recentemente o Porto de Itajaí recebeu da Antaq uma notificação de R$ 50 mil porque os guardas portuários não estão atuando nos gates da APM Terminals, arrendatária dos berços 1 e 2.
Num entendimento diferente da Antaq, o porto alega não ter justificativas para empregar guardas pagos com dinheiro público para segurança em local administrado pela empresa privada.





Nenhum comentário:

Postar um comentário