Postagem em destaque

DELEGADA ASSUME A PRESIDÊNCIA DA CONPORTOS

Nelbe Ferraz de Freitas, 37, foi designada pelo Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública Na última quarta-feira (04), Nel...

terça-feira, 18 de novembro de 2014

0

QUADRILHA ROUBA CAMINHONEIROS NA ILHA BARNABÉ



Na madrugada do dia 31 de outubro, por volta das 4 horas, uma quadrilha formada por pelo menos 15 assaltantes fez um arrastão contra motoristas de caminhão, na via de acesso à Ilha Barnabé, localizada na área Continental de Santos, na Margem Esquerda do Porto de Santos, no litoral de São Paulo.
O bloqueio da estrada da Ilha Barnabé ocorreu em uma ponte, perto do entroncamento com a Rodovia Cônego Domênico Rangoni. Para isso, foi usado um Fiat Fiorino branco, furtado em Vicente de Carvalho.
Quatro caminhoneiros foram abordados pela quadrilha. Segundo eles, os criminosos romperam os lacres dos contêineres transportados para verificar qual tipo de carga havia neles. Porém, antes que o bando demonstrasse eventual interesse por algum carregamento, ao avistarem a chegada dos policiais, os suspeitos começaram a atirar e os PMs revidaram. Os assaltantes conseguiram fugir em dois barcos pelo Rio Diana, que fica próximo à ação.

Quatro celulares, R$ 110,00 e um relógio foram subtraídos por parte do bando, enquanto os comparsas rompiam os lacres dos contêineres. Os policiais escaparam ilesos ao confronto e não se sabe se balearam algum marginal.
Os assaltantes estavam armados com diversas armas e tinham como alvo produtos eletrônicos que estariam nos contêineres, transportados nos caminhões, com destino ao Terminal da Embraport, mas nada foi encontrado pelos suspeitos.
O caso foi registrado no 1º DP de Santos, pela equipe do delegado Hilton da Silva Alonso, porque o local do crime pertence à Área Continental do município, apesar de geograficamente ficar mais perto de Cubatão e Guarujá. Por enquanto, a Polícia Civil não tem pistas dos ladrões.

Reportagem da TV Tribuna


Fonte: Diário do Litoral / G1 / TV Tribuna


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES