Postagem em destaque

DELEGADA ASSUME A PRESIDÊNCIA DA CONPORTOS

Nelbe Ferraz de Freitas, 37, foi designada pelo Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública Na última quarta-feira (04), Nel...

quarta-feira, 15 de julho de 2015

0

GUARDA PORTUÁRIA DO RIO TEM NOVO COMANDO



Foto: Dhavid Normando/SEFAZ-RJ

Na última sexta-feira (10), o presidente da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), Alexandre Gadelha, nomeou a Delegada de Polícia Civil, Izabela Silva Rodrigues Santoni, para comandar a Guarda Portuária do Rio de Janeiro.
Com os seus 1,80m de altura, 37 anos, natural de Belo Horizonte-MG, mas foi para o Rio com 2 anos, Izabela já atuou na 9ª DP (Catete), 14ª DP (Leblon), 37ª DP (Ilha), e nas delegacias da Baixada, Decon, Defraudações, Polinter, Core, Inteligência da Secretaria de Segurança, Aeroporto, Fazendária e na 12ª DP (Copacabana).
Em 6 de julho, foi publicado no boletim interno da Polícia Civil do Rio de Janeiro, uma série de mudanças em diversas delegacias e Izabela foi transferida da 12ª DP (Copacabana) para o Departamento Geral de Recursos Humanos (DGRH), no entanto, na última sexta-feira (10) ela foi nomeada para o comando da Guarda Portuária do Rio de Janeiro.
A sua nomeação vem provocando reações da categoria, que consideram o ato do presidente da Companhia uma ilicitude, pois em que pese o seu vasto currículo na Polícia Civil, além de Izabela não ter nenhuma experiência na área portuária, ela não possui o curso de Supervisor de Segurança Portuária (SSP), conforme determina a Portaria nº 350, da Secretaria Especial de Portos da Presidência da República (SEP/PR).
A nomeação de quaisquer pessoas com base em critérios puramente subjetivos, ou seja, sem qualquer relação com a competência técnica requerida para o cargo, é ato de improbidade administrativa, podendo inclusive ser entendido como crime de prevaricação, previsto no art. 319 do Código Penal.
Além de não atender os requisitos necessários para o cargo, Izabela pretende ocupar os demais cargos de gestão com pessoas alheias aos quadros da Guarda Portuária, desrespeitando totalmente as determinações da SEP.
Segundo alguns diretores ouvidos pelo Portal Segurança Portuária Em Foco, o sindicato já tem agendada uma reunião com o presidente da empresa para tentar resolver a situação, caso contrário, outras medidas serão adotadas para garantir o cumprimento da lei.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES