Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

terça-feira, 6 de outubro de 2015

1

NAVIO NAUFRAGA EM PORTO DO PARÁ




Na manhã desta terça-feira (06), um navio que fazia o carregamento de 5 mil cabeças de boi naufragou no Porto de Vila do Conde, às margens do Rio Pará no município de Barcarena, distante cerca de duas horas da capital.
O Navio Aidar, de bandeira Libanesa, tinha como destino à Venezuela. Ele estava atracado, mas durante o carregamento, tombou para cima do cais. Ainda não se sabe as causas do acidente.

Os animais tentaram sair da embarcação pela lateral do navio. O naufrágio causou um enorme vazamento de óleo no rio. A carga era exportada pela empresa Minerva Foods.
A Minerva Foods informou, em nota, que não há registro de pessoas feridas em decorrência do acidente. A empresa disse ainda que, após o embarque do gado, a responsabilidade pela carga é da empresa contratada para o transporte.

Muitos moradores, em pequenas embarcações, foram em rumo ao navio e retiraram alguns bois que estavam boiando na água, e levando para comunidades ribeirinhas.
A Capitania dos Portos informou que ainda não se sabe a causa do acidente e que vai instaurar um Inquérito sobre Acidentes e Fatos da Navegação, no intuito de apurar as causas do naufrágio, com prazo de conclusão de 90 dias.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                                                               
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

* Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.



Um comentário:

  1. a faina de atracar e desatracar navios quando era feita pelos empregados da cdp, hoje auxiliares portuaários, nunca deu problema algum durante a manobra de fixarr, amarrar e desamarrar os cabos dos cabessos que os seguram.saimos do serviço na marra, de um jeito revoltante. O TRABALHO É NOSSO!!! NÃO PODEM TEMPORARIOS ESTAREM EM NOSSOS POSTOS.o trabalho em portos e cais publicos hoje esta precário e com insegurança para as embarcações. de forma alguma isso deveria estar acontecendo. ISSO É UMA INJUSTIÇA CONOSCO SERVIDORES DA CDP. AGORA RECONHECEMOS QUE este site e o o nosso colega guarda cileno tudo trouce a tona quando tudo estava sendo armado para tirar nossa funções. de fato não assinamos o documento com medo de perseguição. mas estamos todos agora aperceber quem são os que realmente se preocupam conosco. isso tudo é muito humilhante para nós, a maioria com mas de 30 anos de casa, uma vida dedicada a essa empresa, com conhecimento e experiencia em várias tarefas de porto, atracar e desatracar pra nós a mais importante e que nos ocupava mais. tudo isso jogado no lixo desculpem o nosso desabafo.

    Assinam

    Sócrates
    Pinga fogo
    Ferreirinha
    Rocha cabeça branca
    Luis Palheta
    Zé machado
    Nilson diabo
    Mussum

    em nome de todos os demais

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES