Postagem em destaque

CONPORTOS CASSA CERTIFICADO DE SEGURANÇA DOS TERMINAIS DA RODRIMAR NO PORTO DE SANTOS

Comissão Estadual de Segurança Pública nos Portos encontra falhas nos sistemas de segurança desde 2016 e a empresa não apontou soluçõe...

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

2

ESTATUTO DAS GUARDAS PORTUÁRIAS SERÁ PROPOSTO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS


Representantes da categoria estiveram no escritório do deputado

No último sábado (12), representantes da categoria estiveram com o Deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) para entregar uma minuta do Estatuto das Guardas Portuárias, para ser apresentado como Projeto de Lei (PL), pelo deputado em Brasília.
O deputado Arnaldo Faria de Sá irá apresentar um PL propondo a criação do Estatuto.

A finalidade do PL propondo a criação do Estatuto das Guardas Portuárias é evitar a potencial perda da efetividade na atuação, bem como estabelecer uma unificação e padronização da segurança pública portuária em todos os portos brasileiros, além de sintetizar a legislação em vigor.
Em Santos, ele foi debatido em assembleia

A minuta do estatuto foi elaborada por iniciativa do guarda portuário Marcio Steil, do Porto de Santos, contando posteriormente com a colaboração de outros integrantes da categoria. Em Santos, ele foi debatido em assembleia realizada na sede do Sindaport, em 16 de novembro.
Essa é mais uma etapa importantíssima rumo à unificação e padronização da Guarda Portuária do Brasil.

* Clique aqui e veja a minuta do estatuto.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.
                                                                                     


2 comentários:

  1. LEMBRANDO QUE JA EXISTE A PORTARIA 350/14 SEP QUE TINHA A FINALIDADE DE TRAZER UMA IDENTIDADE UNICA VIA REGULAMENTOS DAS GUAPORES LOCAIS. AO QUE PARECE ISSO NAO FOI CONTEMPLADO.

    CILENO BORGES

    ResponderExcluir
  2. IMPORTANTE E FUNDAMENTAL O ESTATUTO. UNIFICAR É FORTALECER.
    VEJAM QUE TEM COLEGUINHAS, CABECINHAS DE BARATA QUE CHEGAM A
    DIZER QUE FICAR DESARMADO EM SERVIÇO É BOM , POR ISSO E AQUILO.
    NÃO ENCHERGAM UM PALMO A FRENTE DO NARIZ E NÃO VE QUE SÃO ESSAS
    COISAS QUE PODEM LEVAR A CATEGORIA EM DIREÇÃO AOS RECIFES E A PIQUE
    AFUNDANDO DE VEZ. TUDO QUE SE PERDE, LOGICAMENTE , BENEFICIA AOS QUE
    QUEREM JUSTAMENTE O FIM DAS GUARDAS PORTUÁRIAS.
    É PRECISO UNIFICAR E BUSCAR O PADRÃO PAULISTA DE GUARDA PORTUÁRIA , QUE DIGO
    É A UNICA QUE AINDA PODE SER CHAMADA DE GUARDA PORTUÁRIA.

    GP ALEXANDRE - ES

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES