Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

2

ESTATUTO DAS GUARDAS PORTUÁRIAS SERÁ PROPOSTO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS


Representantes da categoria estiveram no escritório do deputado

No último sábado (12), representantes da categoria estiveram com o Deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) para entregar uma minuta do Estatuto das Guardas Portuárias, para ser apresentado como Projeto de Lei (PL), pelo deputado em Brasília.
O deputado Arnaldo Faria de Sá irá apresentar um PL propondo a criação do Estatuto.

A finalidade do PL propondo a criação do Estatuto das Guardas Portuárias é evitar a potencial perda da efetividade na atuação, bem como estabelecer uma unificação e padronização da segurança pública portuária em todos os portos brasileiros, além de sintetizar a legislação em vigor.
Em Santos, ele foi debatido em assembleia

A minuta do estatuto foi elaborada por iniciativa do guarda portuário Marcio Steil, do Porto de Santos, contando posteriormente com a colaboração de outros integrantes da categoria. Em Santos, ele foi debatido em assembleia realizada na sede do Sindaport, em 16 de novembro.
Essa é mais uma etapa importantíssima rumo à unificação e padronização da Guarda Portuária do Brasil.

* Clique aqui e veja a minuta do estatuto.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.
                                                                                     


2 comentários:

  1. LEMBRANDO QUE JA EXISTE A PORTARIA 350/14 SEP QUE TINHA A FINALIDADE DE TRAZER UMA IDENTIDADE UNICA VIA REGULAMENTOS DAS GUAPORES LOCAIS. AO QUE PARECE ISSO NAO FOI CONTEMPLADO.

    CILENO BORGES

    ResponderExcluir
  2. IMPORTANTE E FUNDAMENTAL O ESTATUTO. UNIFICAR É FORTALECER.
    VEJAM QUE TEM COLEGUINHAS, CABECINHAS DE BARATA QUE CHEGAM A
    DIZER QUE FICAR DESARMADO EM SERVIÇO É BOM , POR ISSO E AQUILO.
    NÃO ENCHERGAM UM PALMO A FRENTE DO NARIZ E NÃO VE QUE SÃO ESSAS
    COISAS QUE PODEM LEVAR A CATEGORIA EM DIREÇÃO AOS RECIFES E A PIQUE
    AFUNDANDO DE VEZ. TUDO QUE SE PERDE, LOGICAMENTE , BENEFICIA AOS QUE
    QUEREM JUSTAMENTE O FIM DAS GUARDAS PORTUÁRIAS.
    É PRECISO UNIFICAR E BUSCAR O PADRÃO PAULISTA DE GUARDA PORTUÁRIA , QUE DIGO
    É A UNICA QUE AINDA PODE SER CHAMADA DE GUARDA PORTUÁRIA.

    GP ALEXANDRE - ES

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES