Postagem em destaque

MUDANÇAS NA GUARDA PORTUÁRIA DE SANTOS

Todas as ordens de serviço que foram emitidas pelo anterior superintendente da GPort serão revistas e reeditadas pela diretoria gestor...

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

1

TRABALHADOR DO PORTO É PRESO COM METRALHADORA




Uma metralhadora 9 milímetros e um revólver calibre 38 com sete cartuchos íntegros foram apreendidas.
Na manhã do dia 22 de janeiro, os policiais civis Roberto Lima e Antônio da Luz, sob a coordenação do chefe dos Investigadores Paulo Cunha e dos delegados Sérgio Lemos Nassur e Marco Antônio do Couto Peres, da Delegacia de Polícia de Guarujá, litoral de São Paulo, detiveram um elemento por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.
Com um mandado de busca e apreensão, os investigadores se dirigiram a residência de Bruno Cordeiro Batista Santos, de 27 anos, localizada na Rua Inácio Miguel Stéfano, no Jardim São Manoel, em Guarujá.
Ao chegar ao imóvel, foi apresentado o mandado a Bruno, que franqueou a entrada dos policiais na residência. Ao vistoriar a casa, eles encontraram o revólver sobre o armário da cozinha e a metralhadora dentro de um dos guarda-roupas.
Questionado sobre a procedência e o que faria com as armas, Bruno permaneceu em silêncio total e optou por falar somente em juízo.
Em seguida, Bruno recebeu voz de prisão, sendo encaminhado ao 1º Distrito Policial do município. Posteriormente, o acusado foi levado à Cadeia Pública da Cidade, onde ficará à disposição da Justiça. Já o revólver e a metralhadora apreendidos foram encaminhados ao Instituto de Criminalística (IC) para perícia.
Segundo a Companhia Docas do Estado de São Paulo (CODESP), Bruno tinha cartão de acesso à área do porto, como prestador de serviço, exercendo a função de conferente de transporte da empresa Transportes - Integração Entre Profissionais e Empresas Ltda..

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                                                               
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros. 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Um comentário:

  1. O estivador de procedencia excusa anda armado e a guarda portuária tem o dever legal de vigiar todos os bens e pessoas na mão.

    Jorge Fonseca, agente de segurança.

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES