Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

segunda-feira, 11 de abril de 2016

2

MINISTRO DESQUALIFICA SUPOSTA PORTARIA




“A SEP jamais irá tomar uma iniciativa desta, de modificar a regulamentação nas costas dos trabalhadores”, disse o ministro.


O ministro Helder Barbalho, em reunião realizada na última quinta-feira (07), na Secretaria Especial de Portos (SEP), desqualificou a minuta de uma portaria, vazada recentemente, onde as Portarias 121/2009 e 350/2014 seriam revogadas.
Estiveram presentes representando a categoria, além dos diretores da FNP, Ange Biniou, do Sindicato dos Portuários do Rio de Janeiro; Dejacy da Conceição, da Associação da Guarda Portuária do Rio de Janeiro e Gerson Antunes, do Sintraport de Paranaguá. 

Na reunião o ministro pediu a participação dos representantes da categoria nos debates na câmara setorial, até para que se tenha o contraditório. “A SEP jamais irá tomar uma iniciativa desta, de modificar a regulamentação nas costas dos trabalhadores”, disse o ministro.
A comissão da Guarda Portuária que irá debater com SEP e Autoridades Portuárias será integrada por representantes dos portos do Rio de Janeiro-RJ, Santos-SP, Rio Grande-RS, Paranaguá-PR e Pará -PA.
A coordenação do grupo ficará a cargo do representante do Diretor de Assuntos da Guarda Portuária na federação, Jorcy de Oliveira Filho.
“As Administrações Portuárias solicitaram a criação desta Câmara e não podemos de forma alguma deixar de participarmos” Disse Eduardo Guterra, presidente da Federação Nacional dos Portuários (FNP).
Deputada Laura Carneiro
Estiveram presentes no encontro com a deputada, Dejacy da Conceição (presidente da AGPERJ), Luis Mortinho e o Dr. Fernando William.

A reunião foi agendada pela Deputada Federal Laura Carneiro (PMDM-RJ), após uma reunião ocorrida na ultima segunda-feira (04), com os representantes da Associação da Guarda Portuária do Rio de Janeir (AGPRJ), onde foi falado sobre as portarias que regulamentam a Guarda Portuária, a Portaria 121/2009 e a Portaria 350/2014, ambas da Secretaria de Portos da Presidência da República - SEP.
Estiveram presentes no encontro com a deputada, Dejacy da Conceição (presidente da AGPERJ), Luís Mortinho e o Dr. Fernando William.


Minuta
A minuta de uma suposta portaria alterando as portarias 121/2009 e 350/2014, segundo apurado pelo Portal Segurança Portuária Em Foco, teria sido elaborada por representantes das administrações portuárias dos portos de Itajaí, sob a administração municipal; Paranaguá, sob administração estadual e Santos, sob administração federal, que estiveram recentemente reunidas com o ministro Helder Barbalho, e seria apresentada na próxima reunião por essas administrações.
Essa minuta que foi vazada vai a favor dos interesses das administrações portuárias, que há muito tempo pressionam a SEP para autorizar a terceirização da Guarda Portuária. Ela é muito técnica, e daria legalidade a terceirização de alguns postos, promovida recentemente no Porto de Paranaguá.
O ministro afirmou que na reunião com os administradores que ocorrerá em Paranaguá no próximo dia 12, não será discutida a questão da Guarda Portuária.
Sobre Paranaguá a ANTAQ, através de seu diretor geral, Luiz Otávio Campos, que esteve presente, se comprometeu junto com a SEP a dialogar com a APPA para que reveja a iniciativa de terceirização da GP.
A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                                                               
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                                                 
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.




2 comentários:

  1. OS CARAS FAZEM TODO ESSE PSICOTERRORISMO E FICA POR ISSO MESMO?
    ESSE PESSOAL DEVIA ERA DE PEGAR UM BELO DE UM PROCESSO
    JA QUE MODIFICARAM DOCUMENTO COLOCANDO O NOME DO MINISTRO EM BAIXO.

    CILENO BORGES

    ResponderExcluir
  2. Galera não precisa esquentar a cabeça, esses caras serão ex-ministros daqui ha bem pouco tempo. Com certeza vai ficar mais favorável. Esse eduardo cardoso e demais desarmaram a população de bem, e não iriam sossegar enquanto não exterminassem a guarda portuária.


    Inspetor Samuel Castelo

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES