Postagem em destaque

LADRÃO DETIDO É ENCAMINHADO PELA GUARDA PORTUÁRIA AO DISTRITO

O filho da vítima, também caminhoneiro, com a ajuda de outros colegas, conseguiu deter o suspeito antes da chegada da Guarda Portuária...

segunda-feira, 11 de abril de 2016

2

MINISTRO DESQUALIFICA SUPOSTA PORTARIA




“A SEP jamais irá tomar uma iniciativa desta, de modificar a regulamentação nas costas dos trabalhadores”, disse o ministro.


O ministro Helder Barbalho, em reunião realizada na última quinta-feira (07), na Secretaria Especial de Portos (SEP), desqualificou a minuta de uma portaria, vazada recentemente, onde as Portarias 121/2009 e 350/2014 seriam revogadas.
Estiveram presentes representando a categoria, além dos diretores da FNP, Ange Biniou, do Sindicato dos Portuários do Rio de Janeiro; Dejacy da Conceição, da Associação da Guarda Portuária do Rio de Janeiro e Gerson Antunes, do Sintraport de Paranaguá. 

Na reunião o ministro pediu a participação dos representantes da categoria nos debates na câmara setorial, até para que se tenha o contraditório. “A SEP jamais irá tomar uma iniciativa desta, de modificar a regulamentação nas costas dos trabalhadores”, disse o ministro.
A comissão da Guarda Portuária que irá debater com SEP e Autoridades Portuárias será integrada por representantes dos portos do Rio de Janeiro-RJ, Santos-SP, Rio Grande-RS, Paranaguá-PR e Pará -PA.
A coordenação do grupo ficará a cargo do representante do Diretor de Assuntos da Guarda Portuária na federação, Jorcy de Oliveira Filho.
“As Administrações Portuárias solicitaram a criação desta Câmara e não podemos de forma alguma deixar de participarmos” Disse Eduardo Guterra, presidente da Federação Nacional dos Portuários (FNP).
Deputada Laura Carneiro
Estiveram presentes no encontro com a deputada, Dejacy da Conceição (presidente da AGPERJ), Luis Mortinho e o Dr. Fernando William.

A reunião foi agendada pela Deputada Federal Laura Carneiro (PMDM-RJ), após uma reunião ocorrida na ultima segunda-feira (04), com os representantes da Associação da Guarda Portuária do Rio de Janeir (AGPRJ), onde foi falado sobre as portarias que regulamentam a Guarda Portuária, a Portaria 121/2009 e a Portaria 350/2014, ambas da Secretaria de Portos da Presidência da República - SEP.
Estiveram presentes no encontro com a deputada, Dejacy da Conceição (presidente da AGPERJ), Luís Mortinho e o Dr. Fernando William.


Minuta
A minuta de uma suposta portaria alterando as portarias 121/2009 e 350/2014, segundo apurado pelo Portal Segurança Portuária Em Foco, teria sido elaborada por representantes das administrações portuárias dos portos de Itajaí, sob a administração municipal; Paranaguá, sob administração estadual e Santos, sob administração federal, que estiveram recentemente reunidas com o ministro Helder Barbalho, e seria apresentada na próxima reunião por essas administrações.
Essa minuta que foi vazada vai a favor dos interesses das administrações portuárias, que há muito tempo pressionam a SEP para autorizar a terceirização da Guarda Portuária. Ela é muito técnica, e daria legalidade a terceirização de alguns postos, promovida recentemente no Porto de Paranaguá.
O ministro afirmou que na reunião com os administradores que ocorrerá em Paranaguá no próximo dia 12, não será discutida a questão da Guarda Portuária.
Sobre Paranaguá a ANTAQ, através de seu diretor geral, Luiz Otávio Campos, que esteve presente, se comprometeu junto com a SEP a dialogar com a APPA para que reveja a iniciativa de terceirização da GP.
A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                                                               
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                                                 
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.




2 comentários:

  1. OS CARAS FAZEM TODO ESSE PSICOTERRORISMO E FICA POR ISSO MESMO?
    ESSE PESSOAL DEVIA ERA DE PEGAR UM BELO DE UM PROCESSO
    JA QUE MODIFICARAM DOCUMENTO COLOCANDO O NOME DO MINISTRO EM BAIXO.

    CILENO BORGES

    ResponderExcluir
  2. Galera não precisa esquentar a cabeça, esses caras serão ex-ministros daqui ha bem pouco tempo. Com certeza vai ficar mais favorável. Esse eduardo cardoso e demais desarmaram a população de bem, e não iriam sossegar enquanto não exterminassem a guarda portuária.


    Inspetor Samuel Castelo

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES