Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

0

ANTAQ DETERMINA A RETIRADA DE AMBULANTES DO PORTO


Retirada de ambulantes pela Guarda Portuária, em Santos

Porto foi autuado por permitir o comércio de produtos (bebidas e lanches) e a ocupação irregular por ambulantes

Em 6 de março de 2015, a Unidade Regional de Florianópolis – UREFL da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), lavrou o  Auto de Infração nº 001328-5, em desfavor da Superintendência do Porto de Itajaí – SPI.
A aplicação da infração foi consubstanciada no fato da Superintendência do porto permitir o comércio de produtos (bebidas e lanches) e a ocupação irregular por ambulantes, bem como por um proprietário de bar localizado dentro da poligonal do porto público de ltajaí/SC, em área de acesso ao molhe sul do porto, sem possuir contrato ou qualquer outro instrumento junto à Autoridade Portuária, que autorize a comercialização e ocupação em área da União.
A existência de prática infracional foi baseada no art. 33, XXXI da norma aprovada pela Resolução nº 3.274-ANTAQ, de 6 de fevereiro de 2014:
XXXI - permitir que se explore ou se ocupe área ou instalação portuária, sem prévio procedimento licitatório, sem assinatura ou vencido o competente instrumento contratual, ressalvadas as exceções legais: multa de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) a R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais).
No momento não foi aplicada qualquer penalidade. A Superintendência de Fiscalização e Coordenação das Unidades Regionais – SFC ofereceu à Autoridade Portuária a oportunidade de celebrar um Termo de Ajuste de Conduta – TAC, visando à regularização da ocupação irregular das áreas apurada nos autos, mediante cessão de uso onerosa, precedida de procedimento licitatório, e a retomada do controle de acesso e uso do molhe na Rua Caminho Xinxiang, estabelecendo o prazo de 120 (cento e vinte) dias para assinatura do TAC, contado a partir da publicação da Resolução.

Em 25 de maio desse ano, Fernando José de Pádua Costa Fonseca, Diretor-Geral Substituto da Antaq, assinou a Resolução Nº 4868-ANTAQ (Publicado no DOU de 31/05/2016, Seção I), rerratificou a Resolução nº 4.829-ANTAQ, de 27 de maio de 2016, em virtude de erro material quanto ao prazo estipulado.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES